Artigo Anais SEMLICA

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-9333

AVALIAÇÃO QUANTITATIVA, QUALITATIVA E FITOSSANITÁRIA DA CATINGUEIRA DO SERTÃO NO CAMPUS IV DA UEPB

"2013-07-13 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 1994
    "edicao_id" => 9
    "trabalho_id" => 57
    "inscrito_id" => 193
    "titulo" => "AVALIAÇÃO QUANTITATIVA, QUALITATIVA E FITOSSANITÁRIA DA CATINGUEIRA DO SERTÃO NO CAMPUS IV DA UEPB"
    "resumo" => "A distribuição geográfica da catingueira, que é uma das espécies de mais ampla área da caatinga, predomina tanto nas várzeas úmidas como no Seridó semiárido. Vegeta também no litoral, sertão e pés de serra. Ocorre nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e também Mato Grosso. Objetivou-se com este trabalho fazer um estudo da situação quantiqualitativa e fitossanitária da espécie vegetal catingueira no campus IV da UEPB em Catolé do Rocha – PB.  No campus IV da UEPB em Catolé do Rocha, no estado da Paraíba, é onde a pesquisa está sendo efetivada e teve início no período de agosto de 2010 e se estenderá até maio de 2013. A pesquisa foi dividida por setores, sendo eles: Agroecologia, Olericultura, Fruticultura, Projeto de Palmas, Oleaginosas, Bovinocultura, Avicultura, Suinocultura, Apicultura e Caprinocultura, dando ênfase nesse trabalho as árvores do setor de Apicultura, onde foram encontradas 20869 árvores, na qual 3641 apresentavam cortes agressivos, lixo (plástico), pouca folha, sem folhas, periderme desidratada e deficiência nutricional. Com esse estudo realizado no campus IV da UEPB, pudemos notar que a Catingueira é uma espécie nativa, onde pode garantir a sustentabilidade da exploração dessa essência nativa do semiárido."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Comunicacao_oral_idinscrito_193_9797a580e11685ca498932c19760fa1f.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:10:41"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LUIS ALBERTO SILVA ALBUQUERQUE"
    "autor_nome_curto" => "LUIS ALBERTO]"
    "autor_email" => "luisalbuquerque26@hotmail"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-semlica"
    "edicao_nome" => "Anais SEMLICA"
    "edicao_evento" => "Semana de Licenciatura em Ciências Agrárias"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/semlica/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e0a095d3b_16022020213856.png"
    "edicao_capa" => "5e49e0a094f3e_16022020213856.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 9
    "publicacao_nome" => "Revista SEMLICA"
    "publicacao_codigo" => "2317-9333"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 1994
    "edicao_id" => 9
    "trabalho_id" => 57
    "inscrito_id" => 193
    "titulo" => "AVALIAÇÃO QUANTITATIVA, QUALITATIVA E FITOSSANITÁRIA DA CATINGUEIRA DO SERTÃO NO CAMPUS IV DA UEPB"
    "resumo" => "A distribuição geográfica da catingueira, que é uma das espécies de mais ampla área da caatinga, predomina tanto nas várzeas úmidas como no Seridó semiárido. Vegeta também no litoral, sertão e pés de serra. Ocorre nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e também Mato Grosso. Objetivou-se com este trabalho fazer um estudo da situação quantiqualitativa e fitossanitária da espécie vegetal catingueira no campus IV da UEPB em Catolé do Rocha – PB.  No campus IV da UEPB em Catolé do Rocha, no estado da Paraíba, é onde a pesquisa está sendo efetivada e teve início no período de agosto de 2010 e se estenderá até maio de 2013. A pesquisa foi dividida por setores, sendo eles: Agroecologia, Olericultura, Fruticultura, Projeto de Palmas, Oleaginosas, Bovinocultura, Avicultura, Suinocultura, Apicultura e Caprinocultura, dando ênfase nesse trabalho as árvores do setor de Apicultura, onde foram encontradas 20869 árvores, na qual 3641 apresentavam cortes agressivos, lixo (plástico), pouca folha, sem folhas, periderme desidratada e deficiência nutricional. Com esse estudo realizado no campus IV da UEPB, pudemos notar que a Catingueira é uma espécie nativa, onde pode garantir a sustentabilidade da exploração dessa essência nativa do semiárido."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Comunicacao_oral_idinscrito_193_9797a580e11685ca498932c19760fa1f.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:10:41"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LUIS ALBERTO SILVA ALBUQUERQUE"
    "autor_nome_curto" => "LUIS ALBERTO]"
    "autor_email" => "luisalbuquerque26@hotmail"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-semlica"
    "edicao_nome" => "Anais SEMLICA"
    "edicao_evento" => "Semana de Licenciatura em Ciências Agrárias"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/semlica/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e0a095d3b_16022020213856.png"
    "edicao_capa" => "5e49e0a094f3e_16022020213856.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 9
    "publicacao_nome" => "Revista SEMLICA"
    "publicacao_codigo" => "2317-9333"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 13 de julho de 2013

Resumo

A distribuição geográfica da catingueira, que é uma das espécies de mais ampla área da caatinga, predomina tanto nas várzeas úmidas como no Seridó semiárido. Vegeta também no litoral, sertão e pés de serra. Ocorre nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e também Mato Grosso. Objetivou-se com este trabalho fazer um estudo da situação quantiqualitativa e fitossanitária da espécie vegetal catingueira no campus IV da UEPB em Catolé do Rocha – PB. No campus IV da UEPB em Catolé do Rocha, no estado da Paraíba, é onde a pesquisa está sendo efetivada e teve início no período de agosto de 2010 e se estenderá até maio de 2013. A pesquisa foi dividida por setores, sendo eles: Agroecologia, Olericultura, Fruticultura, Projeto de Palmas, Oleaginosas, Bovinocultura, Avicultura, Suinocultura, Apicultura e Caprinocultura, dando ênfase nesse trabalho as árvores do setor de Apicultura, onde foram encontradas 20869 árvores, na qual 3641 apresentavam cortes agressivos, lixo (plástico), pouca folha, sem folhas, periderme desidratada e deficiência nutricional. Com esse estudo realizado no campus IV da UEPB, pudemos notar que a Catingueira é uma espécie nativa, onde pode garantir a sustentabilidade da exploração dessa essência nativa do semiárido.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.