Artigo Anais ABRALIC

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

AS MASCULINIDADES NO CONTO PARAÍBA, DE GASPARINO DAMATA

"2012-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1638
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 1855
    "edicao_id" => 7
    "trabalho_id" => 55
    "inscrito_id" => 42
    "titulo" => "AS MASCULINIDADES NO CONTO PARAÍBA, DE GASPARINO DAMATA"
    "resumo" => "Os estudos em literatura, no que diz respeito à representação de gênero e sexualidade, comumente apontam para uma relação binária de superior versus inferior, apresentando uma dominação masculina, diante do feminino. Diante dessa realidade, objetivamos através de estudo bibliográfico do conto Paraíba, de Gasparino Damata (1975), discutir posições identitárias do que é ser homem pela e para a sociedade e o que é adaptado por tais indivíduos, bem como ampliar os estudos sobre as masculinidades. Aportaremo-nos teoricamente em Albuquerque Jr. (2003), Bourdieu (2010), Fry e MacRae (1991), Katz (1996), Messeder (2009), Nolasco (1993/1995/2001/2006), Perlongher (1987), dentre outros teóricos. A pesquisa empreendida nos permitiu perceber que no conto as masculinidades são representadas através de construto social, histórico e cultural, outrossim, percebemos que mesmo na relação entre iguais, ou seja, homoafetiva, ainda prevalece os lugares de dominador e dominado."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "9cbefe5365cd4f2a86759fc5c37d7fae_42_55_.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:10:12"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MICAELA SÁ DA SILVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "MICAELA SÁ"
    "autor_email" => "micaelauepb@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC"
    "edicao_evento" => "Encontro da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2012
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2012"
    "edicao_logo" => "5e49c718ed7fd_16022020195000.png"
    "edicao_capa" => "5f1733ddf238d_21072020152845.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2012-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 7
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 1855
    "edicao_id" => 7
    "trabalho_id" => 55
    "inscrito_id" => 42
    "titulo" => "AS MASCULINIDADES NO CONTO PARAÍBA, DE GASPARINO DAMATA"
    "resumo" => "Os estudos em literatura, no que diz respeito à representação de gênero e sexualidade, comumente apontam para uma relação binária de superior versus inferior, apresentando uma dominação masculina, diante do feminino. Diante dessa realidade, objetivamos através de estudo bibliográfico do conto Paraíba, de Gasparino Damata (1975), discutir posições identitárias do que é ser homem pela e para a sociedade e o que é adaptado por tais indivíduos, bem como ampliar os estudos sobre as masculinidades. Aportaremo-nos teoricamente em Albuquerque Jr. (2003), Bourdieu (2010), Fry e MacRae (1991), Katz (1996), Messeder (2009), Nolasco (1993/1995/2001/2006), Perlongher (1987), dentre outros teóricos. A pesquisa empreendida nos permitiu perceber que no conto as masculinidades são representadas através de construto social, histórico e cultural, outrossim, percebemos que mesmo na relação entre iguais, ou seja, homoafetiva, ainda prevalece os lugares de dominador e dominado."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "9cbefe5365cd4f2a86759fc5c37d7fae_42_55_.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:10:12"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MICAELA SÁ DA SILVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "MICAELA SÁ"
    "autor_email" => "micaelauepb@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC"
    "edicao_evento" => "Encontro da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2012
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2012"
    "edicao_logo" => "5e49c718ed7fd_16022020195000.png"
    "edicao_capa" => "5f1733ddf238d_21072020152845.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2012-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 7
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2012

Resumo

Os estudos em literatura, no que diz respeito à representação de gênero e sexualidade, comumente apontam para uma relação binária de superior versus inferior, apresentando uma dominação masculina, diante do feminino. Diante dessa realidade, objetivamos através de estudo bibliográfico do conto Paraíba, de Gasparino Damata (1975), discutir posições identitárias do que é ser homem pela e para a sociedade e o que é adaptado por tais indivíduos, bem como ampliar os estudos sobre as masculinidades. Aportaremo-nos teoricamente em Albuquerque Jr. (2003), Bourdieu (2010), Fry e MacRae (1991), Katz (1996), Messeder (2009), Nolasco (1993/1995/2001/2006), Perlongher (1987), dentre outros teóricos. A pesquisa empreendida nos permitiu perceber que no conto as masculinidades são representadas através de construto social, histórico e cultural, outrossim, percebemos que mesmo na relação entre iguais, ou seja, homoafetiva, ainda prevalece os lugares de dominador e dominado.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.