Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 167
A ESCOLA E O ENSINO DE HISTÓRIA SOB VÁRIAS LENTES: ENSAIOS DE UMA... EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO

Palavra-chaves: EXPERIÊNIA DE ESTÁGIO, ENSINO DE HISTÓRIA, ESCOLA Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DOCENTE: SABERES, SUJEITOS E PRÁTICAS

Resumo

A formação de professores é um processo que é construído ao longo de uma caminhada que se inicia geralmente nos cursos de licenciatura. O componente curricular de estágio supervisionado oferece a possibilidade de ir para as escolas para ter os primeiros contatos com o ofício da profissão, que serviram para uma vida toda, mas também possibilita fazer a escolha de não optar pela docência. É o momento de formação da identidade docente. Procurando perceber quais as inquietações que atuam no cotidiano do espaço escolar foi sugerido aos alunos da educação básica que respondessem um questionário. As perguntas eram direcionadas em relação à escola, o ensino de historia, e algumas atividades extracurriculares. Essas perguntas tinham como objetivo alcançar desses alunos respostas simples e desafiadoras. Simples por não se importarem em expressar a sua critica, desafiadoras pela representatividade de sua escrita e visão de mundo. As respostas obtidas por meio do questionário serviram para realizar diferentes pontos de analises, chamando a atenção de como aquele espaço da sala de aula compartilha com uma diversidade de olhares, críticas, ações, perspectivas, diferenças, discursos e personalidades em sua volta. Com base nessas analises, a ideia é refletir sobre a escola e o ensino de História, de modo que o professor seja o principal agente intencionado por despertar no universo em sua volta a construção de sentidos e conexões de saberes. Através das experiências que são alcançadas nas aulas de estágio é construída a percepção de até onde o professor se torna um ser representativo dentro de um espaço escolar, e como a escola se torna um lugar que constrói a sensação de pertencimento e de interação com as relações de convivência.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.