Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 207
A AULA DE CAMPO E SUAS CONTRIBUIÇÕES NO ENSINO DE GEOGRAFIA PARA AS ESCOLAS DO CAMPO

Palavra-chaves: AULA DE CAMPO, ENSINO DE GEOGRAFIA, ESCOLA DO CAMPO Pôster (PO) Reflexões sobre a formação em Geografia, metodologias e recursos didáticos no ensino

Resumo

Este trabalho tem por objetivo apresentar os caminhos na construção de um ensino contextualizado da geografia para as escolas do campo, utilizando a aula de campo como metodologia no processo de ensino-aprendizagem. Neste sentido, aula de campo deve ser vista como uma aproximação do que se ler com o que se ver. E foi buscando respostas para significar os conteúdos, que foi desenvolvido na Escola Municipal de Educação Básica Ildefonso Anselmo da Silva na município de Amparo Paraíba uma ação do PIBID/Diversidades Educação do Campo subprojeto ciências Humanas e Sociais. Tendo em mente que a aula de campo é uma opção metodológica no processo de ensino-aprendizagem riquíssimo para contextualizar os conteúdos estudados em sala de aula. Neste sentido a ação foi realizada no sentido de contribuir no processo de ensino-aprendizagem nas aulas de Geografia, utilizando esse recurso didático que possibilita ao aluno uma contextualização do conteúdo estudado. A aula de campo é importante para alcançar uma aprendizagem significativa e contextualizada para os alunos, para tanto, é preciso que ela seja bem planejada para que não se torne apenas uma fuga da sala de aula, sendo um passeio, aonde não se tenha nenhuma significação com o que foi visto na teoria, para isso é preciso seguir algumas etapas pra que a aula seja realizada de maneira que se possa analisar e problematizar a realidade que irar ser vivenciada no momento de campo. Sendo assim, os procedimentos metodológicos foram realizados, com base em Neves (2010) que aponta três etapas a serem seguidas para a realização da aula de campo: I Planejamento e Organização, II Realização, III Relato de Campo, estas etapas foram seguidas na realização da ação, de inicio planejamos a parte teórica a ser trabalhada em sala de aula, organizando como seria feito a abordagem da temática e a organização da aula de campo, conhecendo o local onde ela seria ministrada e elaborando um roteiro de aula, após a realização da aula de campo, os alunos foram orientados a elaborar um relato de campo sendo,assim exposto nos relatos as experiências e aprendizagens da aula de campo .Todas essas etapas são importantes uma vez que para que tudo ocorra de forma que de fato se tenha aprendizagem é preciso que se tenha metas a cumprir,e se for estabelecido objetivos a serem cumpridos se torna mais fácil de se realizar os trabalhos na aula de campo,uma vez que notadamente os alunos tendem a se dispersar diante de tantas informações, e até mesmo devido a movimentação do lugar escolhido pra a realização da aula. Através dos relatos elaborados pelos alunos, verificamos que a ação realizada, os alunos obtiveram uma aprendizagem significativa uma vez que a interação dos alunos na aula demonstrou o seus interesses pela a atividade, assim como os seus relatos de campo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.