Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 191
A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DIDÁTICOS COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO PARA O ENSINO DE EVOLUÇÃO BIOLÓGICA EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE CAMPINA GRANDE – PB

Palavra-chaves: JOGOS DIDÁTICOS, METODOLOGIA INOVADORA, ENSINO-APRENDIZAGEM Comunicação Oral (CO) A Biologia na perspectiva do Ensino Médio Inovador: propondo ações integradas de ensino, pesquisa e extensão Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O ensino de Biologia ainda hoje se organiza de modo a privilegiar o estudo de conceitos, de métodos científicos e de hipóteses. Essa prática é comumente considerada descontextualizada e desmotivadora pelo estudante, gerando a necessidade de novos encaminhamentos metodológicos pelo professor, principalmente quando se trata de conteúdos complexos e de difícil compreensão, como por exemplo, evolução biológica. Com base nesse contexto foi desenvolvido um trabalho com 20 estudantes da E.E.E.M.E.P. Dr. Elpídio de Almeida do município de Campina Grande – PB, o qual teve como objetivo utilizar jogos didáticos como ferramenta de auxílio para o ensino de evolução biológica e dessa forma possibilitar aos estudantes uma melhor aprendizagem dos conteúdos ministrados pelo professor, buscando melhorar a construção do conhecimento, a reflexão, a crítica e a solução de problemas, ou seja, o ensino-aprendizagem. Esse trabalho foi desenvolvido em quatro fases: 1ª Fase: pré-diagnóstico: Onde houve a aplicação de um questionário para que pudéssemos sondar os conhecimentos prévios dos estudantes acerca da temática proposta. 2ª Fase: Intervenção: Nessa fase realizamos algumas aulas expositivas e dialoga seguida de um jogo de perguntas e respostas chamado de “Quiz”, para a execução desse jogo a turma foi dividida em duas equipes (A e B). 3ª Fase: pós-diagnóstico: Aplicação de um questionário com o intuito de verificar se houve uma melhor aprendizagem do conteúdo abordado com o auxílio da metodologia utilizada e a 4ª Fase: Análise e discussão dos resultados: para essa fase foi utilizado o método (comparativo): utilizando os instrumentos sugeridos por Bardin (2011). Análise numa perspectiva formativa estando atento à construção de conhecimentos conceituais, comportamentais e atitudinais dos estudantes. Em relação aos resultados, quando comparados os dados do questionário de pré com o de pós-diagnóstico verificamos que a metodologia utilizada nesse trabalho nos forneceu resultados bastante satisfatórios. A utilização do jogo tornou a aula mais dinâmica, interativa e participativa, além de proporcionar um melhor ensino-aprendizagem o que como já mencionado anteriormente foi refletido de forma bastante satisfatória no questionário de pós-diagnóstico. Foi possível observar também que os estudantes conseguiram realizar um bom trabalho em equipe.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.