Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 49
TRABALHO, EDUCAÇÃO E CRISE DO CAPITALISMO CONTEMPORÂNEO: UMA APROXIMAÇÃO CRÍTICA EM TORNO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL-TECNOLÓGICA.

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO PROFISSIONAL-TECNOLÓGICA, EDUCAÇÃO PARA TODOS, PROPOSTA PEDAGÓGICA Comunicação Oral(CO) GT 21 - TRABALHO, EDUCAÇÃO E EMANCIPAÇÃO HUMANA

Resumo

O referido trabalho é uma discussão em torno da educação, onde entendemos que esta, historicamente, vem sendo um reflexo das transformações que ocorrem no cerne da estrutura societária. Entendendo também que a Educação Profissional-Tecnológica é a modalidade que está inserida nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo analisar a mesma, procurando compreender sua função social dentro do contexto de crise posto pelo capital. Para responder nossas inquietudes, o trabalho, que tem o caráter teórico-bibliográfico e documental, será desenvolvido ancorado nos pressupostos da onto-metodologia, método elaborado por Karl Marx que tem no materialismo histórico dialético a base de referência para a análise e compreensão da realidade. Nossas conclusões iniciais são de que a educação profissional-tecnológica está permeada por princípios mercadológicos que servem unicamente de adestramento do indivíduo para o mercado de trabalho, servindo, portanto, ao sistema capitalista e contribuindo para a coisificação da educação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.