Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 184
ENSINO MÉDIO INOVADOR: AS EXPERIÊNCIAS NA COMPREENSÃO DA BIOLOGIA.

Palavra-chaves: EMI, EXPERIÊNCIAS, BIOLOGIA Comunicação Oral (CO) A Biologia na perspectiva do Ensino Médio Inovador: propondo ações integradas de ensino, pesquisa e extensão Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

A implantação de novas estratégias didáticas na educação, inclusive no ensino médio estão favorecendo a adaptação do ambiente escolar para a execução de uma metodologia ativa, visando uma qualificação maior da aprendizagem. Dessa forma, objetivou-se analisar as experiências vivenciadas na disciplina de Biologia no Ensino Médio Inovador, destacando os avanços e melhorias na qualidade da aprendizagem, como também salientando a prática pedagógica do professor em suas diversas áreas.A pesquisa foi realizada com 15 professores de uma Escola Estadual de Referência do município de Tuparetama-PE, a mesma vivencia as perspectivas de Ensino Médio Inovador, sendo semi-integral e articulando temáticas em contra turno que estão diretamente ligadas a realidade do aluno, bem como a inserção destes no meio social ativamente, aplicando-se dois questionários, um para todos os professores e um para os professores que lecionam exclusivamente com a disciplina de Biologia. A partir do primeiro questionário a todos os professores, observou-se que 54% afirmam que o professor recebe o suporte necessário para a atuação no EMI, 33% declaram que não recebem materiais pedagógicos e formações continuadas periodicamente para uma melhor execução do trabalho e 13% descrevem que às vezes são contemplados com esse apoio. Em relação se os conteúdos trabalhados em sala de aula são direcionados ao ingresso no Ensino Superior, 80% destes salientam com convicção que estes conteúdos são planejados exclusivamente nas habilidades e competências do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e das universidades, 13% regularmente e 7% às vezes, onde fomentam que há vivência também de temáticas que abordem a realidade local e a do aluno em si.O segundo questionário destinado aos professores de Biologia, aborda se a temática do EMI para a disciplina é consideravelmente adequada, onde 67% afirmam que sim, que a mesma está de acordo com as diretrizes desejadas, 20% comenta que não, pois, muitos dos conteúdos não são realmente válidos para a vida do aluno e 13% declaram que às vezes. Os docentes destacam que a proposta do EMI tem contribuído significativamente para o processo de ensino aprendizagem, mas para que isso aconteça de forma favorável e atinja o patamar desejável, inclusive na Biologia, 32% citam a implantação de laboratórios bem equipados, 22% a oferta de aulas passeio, 24% a participação em eventos científicos e 22% a participação em Feiras de Ciências e Biologia, isso, objetivando a ampliação do conhecimento do aluno através de aulas bem elaboradas, dinâmicas e práticas.Conclui-se que a proposta inovadora do EMI mostra-se de forma satisfatória, fomentando que a mesma ainda deve ser bem articulada e na visão direcionada a Biologia vem oferecendo grandiosas estratégias e alternativas para crescimento da mesma no ambiente escolar e com isso buscando fervorosamente melhorias para assegurar uma educação baseada nos princípios da igualdade, da qualidade e da construção.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.