Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

PROGRAMA DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO INTERCULTURAL- DESAFIOS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR INDÍGENA.

Palavra-chaves: PROLIND, FORMAÇÃO DE PROFESSOR, EDUCAÇÃO INTERCULTURAL Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 7847
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 1293
    "inscrito_id" => 332
    "titulo" => "PROGRAMA DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO INTERCULTURAL- DESAFIOS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR INDÍGENA."
    "resumo" => "Se há dificuldade em se discutir e de se garantir um ensino básico de qualidade aos povos indígenas, quando deixamos a esfera básica e começamos a discutir sobre a educação superior percebemos que o acesso a esta esfera é ainda mais difícil e complexo. Antes da criação do sistema de cotas, pensado como política nacional a partir da década de 90 e restrita a apenas algumas instituições e tornando-se obrigatório apenas em 2012 a partir da assinatura da presidenta Dilma, o acesso dos indígenas ao ensino superior em instituições públicas era praticamente zero, especialmente nas universidades públicas.  Porém, sabemos que apenas o sistema de cotas não é suficiente, pois para garantir um ensino superior de qualidade é preciso oferecer subsídios que garantam uma educação saudável, ao se abrir as portas para o indígena as instituições públicas tem que repensar o currículo de seu curso para garantir a abrangência da diversidade.Em síntese, podemos dizer que se quisermos garantir o ensino superior indígena de qualidade devemos pensar em um conjunto de ações que vão desde a criação e permanência do sistema de cotas em Universidades públicas, até a criação de cursos com formação específica voltada para a formação de professores indígenas tendo em vista as especificidades entre os povos indígenas."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "FORMAÇÃO DE PROFESSORES"
    "palavra_chave" => "PROLIND, FORMAÇÃO DE PROFESSOR, EDUCAÇÃO INTERCULTURAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_11_08_2014_23_48_34_idinscrito_332_945e60368f6ddec37d9663847ee6e8b4.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:27"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "VANESSA CARDOSO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "VANESSA CARDOSO"
    "autor_email" => "vanessacardoso_73@hotmail"
    "autor_ies" => "UFPE/CAA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 7847
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 1293
    "inscrito_id" => 332
    "titulo" => "PROGRAMA DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO INTERCULTURAL- DESAFIOS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR INDÍGENA."
    "resumo" => "Se há dificuldade em se discutir e de se garantir um ensino básico de qualidade aos povos indígenas, quando deixamos a esfera básica e começamos a discutir sobre a educação superior percebemos que o acesso a esta esfera é ainda mais difícil e complexo. Antes da criação do sistema de cotas, pensado como política nacional a partir da década de 90 e restrita a apenas algumas instituições e tornando-se obrigatório apenas em 2012 a partir da assinatura da presidenta Dilma, o acesso dos indígenas ao ensino superior em instituições públicas era praticamente zero, especialmente nas universidades públicas.  Porém, sabemos que apenas o sistema de cotas não é suficiente, pois para garantir um ensino superior de qualidade é preciso oferecer subsídios que garantam uma educação saudável, ao se abrir as portas para o indígena as instituições públicas tem que repensar o currículo de seu curso para garantir a abrangência da diversidade.Em síntese, podemos dizer que se quisermos garantir o ensino superior indígena de qualidade devemos pensar em um conjunto de ações que vão desde a criação e permanência do sistema de cotas em Universidades públicas, até a criação de cursos com formação específica voltada para a formação de professores indígenas tendo em vista as especificidades entre os povos indígenas."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "FORMAÇÃO DE PROFESSORES"
    "palavra_chave" => "PROLIND, FORMAÇÃO DE PROFESSOR, EDUCAÇÃO INTERCULTURAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_11_08_2014_23_48_34_idinscrito_332_945e60368f6ddec37d9663847ee6e8b4.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:27"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "VANESSA CARDOSO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "VANESSA CARDOSO"
    "autor_email" => "vanessacardoso_73@hotmail"
    "autor_ies" => "UFPE/CAA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Se há dificuldade em se discutir e de se garantir um ensino básico de qualidade aos povos indígenas, quando deixamos a esfera básica e começamos a discutir sobre a educação superior percebemos que o acesso a esta esfera é ainda mais difícil e complexo. Antes da criação do sistema de cotas, pensado como política nacional a partir da década de 90 e restrita a apenas algumas instituições e tornando-se obrigatório apenas em 2012 a partir da assinatura da presidenta Dilma, o acesso dos indígenas ao ensino superior em instituições públicas era praticamente zero, especialmente nas universidades públicas. Porém, sabemos que apenas o sistema de cotas não é suficiente, pois para garantir um ensino superior de qualidade é preciso oferecer subsídios que garantam uma educação saudável, ao se abrir as portas para o indígena as instituições públicas tem que repensar o currículo de seu curso para garantir a abrangência da diversidade.Em síntese, podemos dizer que se quisermos garantir o ensino superior indígena de qualidade devemos pensar em um conjunto de ações que vão desde a criação e permanência do sistema de cotas em Universidades públicas, até a criação de cursos com formação específica voltada para a formação de professores indígenas tendo em vista as especificidades entre os povos indígenas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.