Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

PRECONCEITO ÉTNICO RACIAL NA ESCOLA

Palavra-chaves: ESCOLA, PRECONCEITO, ÉTNIA Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O presente texto tem como eixo norteador o tema preconceito étnico racial na escola e suas implicações no campo educacional. Este trabalho é o resultado de uma pesquisa exploratória e teve como metodologia uma entrevista semi estruturada realizada junto a cinco docentes. Objetivou-se investigar como os professores dos anos iniciais de algumas escolas públicas da região do sertão paraibano trabalham tal temática na sala de aula. Para identificar a compreensão dos referidos docentes acerca do tema em questão lancei como questionamentos algumas perguntas, entre elas estão: Qual é a sua concepção sobre preconceito étnico racial? Por que é importante trabalhar esse tema na sala de aula? Quais as metodologias utilizadas para trabalhar o preconceito étnico racial na sala de aula?Com base nessas perguntas pode-se definir como preconceito étnico racial toda e qualquer aversão a pessoas que são de outras raças. Uma das manifestações mais explícitas do que venha a ser preconceito étnico racial é o racismo, que se caracteriza como inferiorização do negro. Todas as vezes que repelimos alguém por ser índio, cigano ou negro estamos nos comportando como pessoas preconceituosas e criminosas, haja vista essa prática ser considerada como um crime pela Constituição Federal. A partir disso pode-se inferir que o preconceito é uma atitude de negação ou de repelir alguém por ser de uma maneira em que não se enquadre nos parâmetros estabelecidos como “normal” ou “ideal”.Com base na pesquisa concluí que os professores possuem uma concepção de preconceito étnico racial baseado nas suas vivências cotidianas e no senso comum. Eles não têm uma noção mais elaborara científica ou teórica desse termo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.