Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

MINHOCARIO NA ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA PRATICO-METODOLOGICA COM ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL ORLANDO VENANCIO DOS SANTOS CUITÉ-PB

Palavra-chaves: PRATICAS PEDAGÓGICA, NOVAS METODOLOGIAS, DIDÁTICA NO ENSINO Comunicação Oral (CO) DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O presente trabalho trata do desenvolvimento de experiências pratico-metodologicas no ensino de ciências e biologia através de minhocarios na escola, tendo como objetivo desenvolver atividades práticas relacionadas ao desenvolvimento sustentável, educação ambiental, consumismo, reciclagem de matéria orgânica domiciliar, através da confecção e produção de composteiras a base de minhocas em aulas das disciplinas de Biologia e Química, com o intuito de se inserir novas metodologias para o ensino das ciências. Através da construção e acompanhamento de minhocarios na Escola Estadual Orlando Venâncio dos Santos, tendo como foco principal as turmas do 2º ano do ensino médio, tais atividades foram divididas em etapas, a primeira etapa constituiu-se a partir de aulas teóricas discursivas com o intuito de situar os alunos no assunto, a segunda etapa se desenvolveu por mostrar como confeccionar e o funcionamento de composteiras a base de minhocas, realizado através da interdisciplinaridade entre as disciplinas de biologia e química, a terceira etapa os estudantes recolheram cascas de verdura e resto de alimentos na cantina da escola para passarem por um processo de pré-compostagem, e só após então servir de alimento para as minhocas, a quarta etapa consistiu em uma visita a empresa de produção orgânica de hortaliça e verduras Canteiro Cheiro Verde com objetivo de coletar minhocas em canteiros desativados de hortaliças, a ultima etapa a quinta foi realizado o monitoramento do minhocario em seus aspectos físico-químicos e biológico. Ao final desta experiência pode-se notar nos alunos, uma melhor compreensão dos aspectos, causas e concepções dos múltiplos temas abordados, mostrando que tal metodologia alem de aplicar a teoria na pratica permite que os estudantes formulem suas próprias hipóteses e concepções com respeito a importância de tais processos na natureza e na vida humana. Permitindo uma educação inclusiva, participativa na busca de uma reformulação na educação, tão necessária diante das varias dificuldades enfrentadas no ensino de ciências e biologia.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.