Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

POR UM DEBATE CONCEITUAL: POLÍTICAS PÚBLICAS EM EDUCAÇÃO DE NEGROS

Palavra-chaves: POLÍTICAS PÚBLICAS, AÇÕES AFIRMATIVAS, EDUCAÇÃO DE NEGROS Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

A presente comunicação é produto de pesquisas desenvolvidas junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio-Grande do Sul e na Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação, bem como das atividades de ensino realizadas na no curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Goiás, unidade universitária de Luziânia, nas disciplinas de Políticas em Educação Básica, Educação e Diversidade e Patrimônio Cultural: Africanidade e sua prática no Ensino Fundamental.Em momentos distintos, procuramos desenvolver um debate conceitual em torno dos conceitos que procuram diferenciar políticas universalistas e afirmativas, revelando aos discentes suas bases teórico-metodológicas, bem como ressaltando seus enfoques e objetivos primeiros. Mais especificamente concentramos nosso olhar em políticas públicas afirmativas em Educação de Negros, pois por polêmicas, se desdobram em promissor campo de debates. Nossa principal meta era tentar desfazer alguns equívocos que marcam o entendimento do senso comum quando se aborda a temática elencada. Portanto, disponibilizamos vários autores e autoras que discutem políticas públicas e sua relação com a atuação do Estado e da sociedade civil.Finalmente, tentamos evidenciar práticas futuras que possam se debruçar sobre os usos e abusos dessas políticas, no reparo de suas incoerências e no reforço de suas virtudes, principalmente pelo primado de suas características que possam conduzir a sociedade aos caminhos de combate à discriminação racial e ao preconceito, de valorização das identidades culturais, de recuperação de valores, comportamentos e atitudes condizentes ao humanismo e à formação de indivíduos dotados de solidariedade e criticidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.