Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 277
COMO A LINGUAGEM PODE CONTRIBUIR NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA EM TODOS OS NÍVEIS DE ENSINO?

Palavra-chaves: LINGUAGEM MATEMÁTICA, ENSINO-APRENDIZAGEM, SIGNIFICADO DE CONTEÚDO Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Entre as diversas dificuldades encontradas no processo de ensino-aprendizagem de matemática, que provoca o afastamento dos alunos do interesse com a apreensão dos conteúdos matemáticos, o artigo tem como objetivo observar como a linguagem, utilizada pelos professores da educação básica, pode contribuir no processo de ensino-aprendizagem de matemática em todos os níveis de ensino. De forma que tragam os alunos para o meio do processo e que eles compreendam que a matemática é uma ferramenta importantíssima para entender o mundo em que vivemos e que possam interagir de forma eficaz nas mudanças que acontecem, os conhecimentos matemáticos são necessários para resolver situações do cotidiano dos alunos desde os anos iniciais, e durante toda sua formação. A idéia da pesquisa surgiu a partir das discussões e reflexões de textos, vistos na disciplina Ensino-Aprendizagem de Matemática no Ensino Fundamental e Médio do Mestrado Acadêmico em Ensino de Ciências e Educação Matemática na Universidade Estadual da Paraíba, que abordam as dificuldades encontradas no processo de ensino-aprendizagem de matemática, dando ênfase na linguagem utilizada nesse processo. Analisou-se cada trabalho, verificou-se as idéias de cada autor. A partir daí e diante da experiência de sala de aula, do convívio diretamente com os envolvidos no processo, que são os alunos, foi produzido o texto onde se discute, entre outras dificuldades, a linguagem utilizada pelos professores. Observou-se que os alunos não dão muita importância para a compreensão da matemática por vários motivos: falta de significados e aplicabilidade dos conteúdos; os alunos não conseguem fazer a relação entre a matemática do cotidiano com a matemática escolar, não construindo assim, o conhecimento científico; o aluno não tem domínio da linguagem matemática, há sempre um confronto entre a linguagem matemática da escola com a linguagem matemática corrente no dia-a-dia. Constatou-se com isso, que os alunos não conseguem enxergar que a disciplina traz um entendimento melhor do mundo, e uma das causas, é exatamente a linguagem utilizada pelos professores nas aulas de matemática. A relação entre conteúdo e método no processo ensino-aprendizagem em matemática, a comunicação e os significados que revestem as noções matemáticas em sala de aula, a linguagem natural, utilizada pelos alunos, traz consigo muita ambigüidade, e o seu principal objetivo é a comunicação diferente da linguagem formal, onde é necessário mais precisão, mas exatidão, rigorosidade. Esta pesquisa foi muito produtiva, pois mostrou que algumas dessas dificuldades no processo de ensino-aprendizagem de matemática se dão por falta de uma boa formação de professores, como também, a formação continuada, entre outras dificuldades que nós professores podemos solucionar, fazendo uma auto-aviliação da nossa docência e trazer pra dentro das salas de aula a matemática da rua, tornando assim, as aulas mais prazerosas e interessantes para os alunos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.