Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 172
O ESTUDO DAS MATRIZES APLICADA AO GOOGLE: TRANSVERSALIDADE DA MATEMÁTICA NAS TECITURAS DA INTERNET

Palavra-chaves: GOOGLE, MATRIZES, ENSINO Pôster (PO) EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

Resumo

Analisando o estudo de matrizes na disciplina de matemática no ensino médio, observa-se a falta de articulação entre a teoria e a prática dificultando a aprendizagem e a compreensão dos conceitos e conhecimentos de forma aplicada ao cotidiano dos indivíduos. Neste contexto torna-se necessário questionar as práticas utilizadas no ensino de matrizes buscando a transversalidade dos conteúdos inseridos em diversas situações reais, a exemplo da internet, que tem atraído a atenção dos jovens, especialmente na utilização de sites busca. O Google atualmente é a ferramenta mais utilizada na busca de informações que proporciona respostas rápidas ao digitar uma única palavra. Ao investigarmos no Google um determinado assunto de nosso interesse, obtemos instantaneamente uma lista de sites que se encontra em uma determinada ordem e que tem relação com o que buscamos. Para obter esta ordenação é preciso o cálculo de matrizes. Portanto esta pesquisa tem o objetivo de reconhecer a importância das matrizes no Google, demonstrando para os estudantes do 2° ano do ensino médio a utilização de forma mais concreta desta parte da matemática, além de mostrar a importância e se trabalhar técnicas que relacionam a teoria matemática e a prática cotidiana dos alunos, Intensificando o interesse e entendimento dos mesmos com a matemática, com o intuito de promover um espírito investigativo nos estudantes gerando uma aprendizagem significativa. Trata-se de uma pesquisa de campo aplicada a uma turma do 2° ano do ensino médio na Escola Estadual Arruda Câmara na cidade de Itambé PE. Com apresentação de conteúdo e aplicação de questionário e exercícios, utilizando o Google para demonstrar o estudo de matrizes, além de promover uma aula dinâmica e de conteúdos densos, despertando o interesse dos alunos para a Matemática.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.