Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

HOMOFOBIA RELIGIOSA: DESAFIOS PARA UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

Palavra-chaves: BULLYING HOMOFÓBICO, MORAL CRISTÃ, EVASÃO ESCOLAR Comunicação Oral (CO) GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O presente artigo problematiza um tipo especifico de bullying, praticado a fim de discriminar todos os indivíduos que supostamente não se enquadram nos padrões heteronormativos de nossa sociedade, trata-se do bullying homofóbico, prática discriminatória presente no cotidiano de muitas escolas brasileiras. Entendemos que a questão da homofobia nas escolas tem suas raízes numa moral cristã que, ainda hoje, está pautado nos argumentos bíblicos que condenam qualquer prática sexual dita desviante, entre elas as relações de indivíduos do mesmo sexo, estes discursos são pregados por fundamentalistas religiosos em nossa sociedade a fim de desautorizar e, até mesmo, criminalizar as políticas públicas que pregam o respeito pela diversidade sexual. Desta forma, a pesquisa versa sobre um tema que ainda é atual e relevante para a sociedade contemporânea, tendo em vista que o bullying homofóbico é responsável por altos índices de evasão escolar, realidade incompatível com o papel que a escola deve exercer na vida destes jovens, tendo em vista que é por meio da educação que ocorre o desenvolvimento cultural e social dos cidadãos e os professores(as) são os elementos chaves para a sua concretização, pois são eles que difundem os conhecimentos para uma permanente formação dos indivíduos ao longo da vida. Dai a importância de haver um trabalho educativo com diretoras(es) de escolas, professores(as) e com orientadora(es) pedagógica(os) para que estes tornem-se capacitados para lidar com a questão da diversidade sexual de maneira inclusiva, sem que acha a sobreposição de ideologias religiosas excludentes em detrimento dos direitos e assim, combater a homofobia.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.