Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

LETRAMENTO DIGITAL : CONCEPÇÕES,DESAFIOS E PRÁTICAS

Palavra-chaves: LETRAMENTO DIGITAL, ESCOLA, ENSINO Comunicação Oral (CO) LINGUAGENS, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

LETRAMENTO DIGITAL: CONCEPÇÕES, DESAFIOS E PRÁTICASAutoraProf.ª Ms.Maria do Socorro de Lucena SilvaFaculdades Integradas de Patosmaryhelpbrim@bol.com.br CoautorJúnior Alves FeitosaFaculdades Integradas de PatosAlvesjuior338@gmail.comRESUMOO letramento digital tem sido uma prática muito discutida nos últimos tempos. Os recursos tecnológicos que a internete têm proporcionado para as práticas sociais de leitura e escrita digitais são indiscutíveis. Infelizmente, a maioria das escolas, ainda não estão utilizando dos espaços virtuais, como facebook,watzap,e-mails,entre outros para desenvolverem as práticas de leitura e escritas virtuais dos alunos. O uso do celular e das redes sociais dos alunos em sala de aula tem sido vistos como falta de atenção e indisciplina por parte dos professores. Mas também, os laboratórios das escolas, apesar de serem de última geração, mas estão sem utilização pelos professores e alunos. Percebe-se na sala de aula que os alunos dominam o uso da internete ,do celular e da maioria das redes sociais que circulam no dia a dia.Mas não vão aos laboratórios ,os gestores não permitem utilização porque alegam que os alunos irão quebrar ou utilizar com pesquisas pornográficas,outros laboratórios não são utilizados porque os professores não incluem no seu planejamento pedagógico o uso de atividades com a prática de leitura e escrita virtuais.O governo federal promoveu a entrega de notebooks a alunos e professores do ensino médio e os últimos anos do ensino fundamental ,mas infelizmente ,não é utilizado em sala de aula porque os professores doaram os seus aos filhos ou parentes e os alunos deixam em casa por causa de não serem usados pelos professores. Com base nesses fatores aplicou-se uma atividade didática numa escola pública da cidade de Patos-PB, durante um mês, na aula de Língua Portuguesa, no 9º ano ,numa turma de 35 alunos, através do Estágio Supervisionado de Língua Portuguesa de uma Instituição de Ensino Superior da cidade de Patos-PB.Percebeu-se que a escola tinha laboratório ,mas não era utilizado e a professora dominava o uso das tecnologias ,mas não introduzia em suas aulas de Língua Portuguesa.Nessa turma criou-se o facebook da turma e todas as semanas ,nas aulas de Língua portuguesa ,a turma ia para o laboratório de informática ,comentava todos os textos postados pela professora e por eles mesmos ,daí desenvolveu-se nos alunos o interesse na leitura de notícias de jornal ,poesias ,bulas de remédios,roteiros de como utilizar o computador ,entre outros gêneros textuais ,assim como produzir textos virtuais. Produziram poesias, contos, fábulas, notícias, encerrando com um minilivro virtual com as produções dos alunos. O estágio supervisionado é um componente curricular que viabiliza a relação de conhecimentos teórico-práticos na formação inicial dos professores. Nesse sentido devem propiciar ás escolas públicas situações de aprendizagem, criando projetos de pesquisa e extensão ,assim como aos estagiários uma formação que possa ampliar o seu leque de conhecimento no contexto da docência, em linguagens e interação em sala de aula nas práticas de leitura e escrita em ambientes digitais, a partir o uso das redes sociais enquanto ferramenta educativa. Palavras-chaves : Letramento digital ,escola , ensino.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.