Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 121
COMPOSIÇÃO ICTIOFAUNÍSTICA DE RESERVATÓRIOS DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO

Palavra-chaves: TAXONOMIA., ICTIOFAUNA., RESERVATÓRIOS., , Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 01: Pesquisa em Ensino de Ciências (Biologia, Química, Física) e Matemática Publicado em 10 de dezembro de 2020

Resumo

O BARRAMENTO DE RIOS TEM SIDO UMA PRÁTICA MUITO FREQUENTE NA REGIÃO SEMIÁRIDA. O RESULTADO INEVITÁVEL DO REPRESAMENTO É A ALTERAÇÃO NA ABUNDANCIA DAS ESPÉCIES COM A EVENTUAL ELIMINAÇÃO DE ALGUNS COMPONENTES ICTIOFAUNÍSTICOS. DIANTE DO EXPOSTO, ESTE TRABALHO OBJETIVOU ANALISAR A COMPOSIÇÃO ICTIOFAUNÍSTICA DE RESERVATÓRIOS DO SEMIÁRIDO PARAIBANO. AS COLETAS SE DERAM A PARTIR DO USO DE REDES DE ARRASTO, ESPERA E TARRAFA NOS RESERVATÓRIOS POÇÕES, CAMALÁU E BOQUEIRÃO. AS REDES FORAM POSTAS EM UM PERÍODO DE 12 HORAS. FORAM IDENTIFICADAS 14 ESPÉCIES PERTENCENTES, 5 ORDENS E 11 FAMÍLIAS. A ORDEM MAIS REPRESENTATIVA FOI CHARACIFORMES, COM 5 FAMÍLIAS E 6 ESPÉCIES. OS RESERVATÓRIOS BOQUEIRÃO E POÇÕES APRESENTARAM A MAIOR RIQUEZA TAXONÔMICA, E CAMALAÚ A MENOR. A ESPÉCIE MAIS ABUNDANTE TANTO EM POÇÕES QUANTO EM CAMALÁU FOI ASTYANAX BIMACULATUS, ENQUANTO EM BOQUEIRÃO FOI ASTYANAX FASCIATUS. QUANTO A DIVERSIDADE, BOQUEIRÃO APRESENTOU OS MAIORES VALORES E POÇÕES OS MENORES VALORES DE DIVERSIDADE. ESTUDOS TAXONÔMICOS SÃO IMPORTANTES PARA AVALIAR A COMUNIDADE DE PEIXES, E OS IMPACTOS DE ATIVIDADES ANTRÓPICAS COMO A PESCA, SOBRE A ORGANIZAÇÃO DAS ASSEMBLEIAS DE PEIXES, BEM COMO PROPICIA O CONHECIMENTO DA ICTIOFAUNA LOCAL.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.