Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 102
ESTUDO TEÓRICO DA TRIPTAMINA (TRYP) E DAS INTERAÇÕES POR LIGAÇÕES DE HIDROGÊNIO ENTRE TRYP‒(H2O)N (N = 1, 2)

Palavra-chaves: LIGAÇÕES DE HIDROGÊNIO, TRIPTAMINA, NEUROTRANSMISSORES, DFT, TD-DFT Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 01: Pesquisa em Ensino de Ciências (Biologia, Química, Física) e Matemática

Resumo

AS LIGAÇÕES DE HIDROGÊNIO EXERCEM INFLUÊNCIAS FUNDAMENTAIS NAS PREFERÊNCIAS CONFORMACIONAIS DAS BIOMOLÉCULAS E NAS MUDANÇAS DE SUAS PROPRIEDADES ÓPTICAS E ELETRÔNICAS. O OBJETIVO DESTE TRABALHO É ESTUDAR ALGUMAS ESTRUTURAS E AS TRANSIÇÕES ELETRÔNICAS S1S0 DA TRIPTAMINA (TRYP) E DE COMPLEXOS FORMADOS POR LIGAÇÕES DE HIDROGÊNIO ENTRE TRYP‒(H2O)N, PARA N =1 E 2, NO ESTADO GASOSO. PARA TAL, FORAM EMPREGADOS OS MÉTODOS DA DFT E TD-DFT, UTILIZANDO O FUNCIONAL DE TROCA E CORRELAÇÃO B3LYP COM CINCO DIFERENTES CONJUNTOS DE BASES. AS INTERAÇÕES ENTRE UMA/DUAS MOLÉCULAS DE ÁGUA COM O GRUPO AMINO MOSTRAM-SE MAIS ESTÁVEIS DO QUE AS LIGAÇÕES COM O NH DO ANEL INDOL, ALÉM DE PROPORCIONAREM MENORES REDISTRIBUIÇÕES DE CARGA NA TRYP. A INTERAÇÃO DA ÁGUA COM O NH DO INDOL, OCASIONOU UMA DIMINUIÇÃO NA VARIAÇÃO DE ENERGIA HOMO-LUMO, ∆E, E UM CONSEQUENTE AUMENTO NO COMPRIMENTO DE ONDA NA BANDA DE ABSORÇÃO UV-VISÍVEL DA TRYP, EFEITO CHAMADO DE RED SHIFT, E UMA ESTABILIZAÇÃO ELETROSTÁTICA DO ESTADO S1. NO ENTANTO, AS INTERAÇÕES DE UMA E DUAS MOLÉCULAS DE H2O COM O GRUPO AMINO PROVOCARAM UM AUMENTO NO ∆E, CONSEQUENTEMENTE, HOUVE UMA DIMINUIÇÃO NO COMPRIMENTO DE ONDA DA BANDA DE ABSORÇÃO DA TRYP, EFEITO CHAMADO DE BLUE SHIFT, E UMA DESESTABILIZAÇÃO ELETROSTÁTICA DO ESTADO S1. PORTANTO, NOSSOS RESULTADOS MOSTRARAM-SE ÚTEIS PARA COMPREENDER AS INTERAÇÕES INTERMOLECULARES E OS EFEITOS DA MICRO-SOLVATAÇÃO NA TRYP, ALÉM DE SER CONSIDERADO UM PONTO DE PARTIDA PARA ESTUDAR INTERAÇÕES COM OUTROS NEUROTRANSMISSORES E COM MAIS MOLÉCULAS DE H2O.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.