Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 186
OS AVANÇOS DOS MOVIMENTOS CONSERVADORES COMO O ESCOLA SEM PARTIDO A PARTIR DA “IDEOLOGIA DE GÊNERO” VIA PÂNICO MORAL

Palavra-chaves: NEOCONSERVADORISMO, ESCOLA SEM PARTIDO, IDEOLOGIA DE GÊNERO, PÂNICO MORAL, Comunicação Oral (CO) GT 07 - Gênero, Sexualidade e Educação Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

A PESQUISA TEM COMO OBJETIVO GERAL ANALISAR COMO OS PROFESSORES DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO AGRESTE DO ESTADO DE PERNAMBUCO LIDAM COM ATAQUES A EDUCAÇÃO PELO MOVIMENTO ESCOLA SEM PARTIDO, VISANDO MOSTRAR AS CONSEQUÊNCIAS POSTAS PELO USO DO PÂNICO MORAL PELO MOVIMENTO QUE AJUDOU A INSTITUIR A IDEIA DO “IDEOLOGIA DE GÊNERO” E DA FAMÍLIA PADRÃO E TRADICIONAL, AFETANDO DIRETAMENTE O PROGRESSO DAS DISCURSÕES SOBRE GÊNERO E SEXUALIDADE NO AMBIENTE EDUCACIONAL, TORNANDO-A POR MEIO DE IDEIAS DISTORCIDAS E INAPROPRIADAS PROMOVENDO DISCRIMINAÇÃO E PROMOVENDO O MEDO COMO FERRAMENTA ANTIDEMOCRÁTICA. ASSIM, O ESTUDO FOCANDO NAS OPINIÕES E EXPERIÊNCIAS DOS DOCENTES, PRETENDE MAPEAR QUE ATITUDES ANTIDEMOCRÁTICAS, AUTORITÁRIAS DE SUPREMACISTAS SOBRE AS IDENTIDADES PREJUDICAM O CARÁTER PLURAL DA ESCOLA E COLOCAM EM RISCO OS DIREITOS HUMANOS, E CONSEQUENTEMENTE, A FORMAÇÃO CIDADÃ DOS DISCENTES NA EDUCAÇÃO BÁSICA. PARA TANTO, FAZ USO DA ENTREVISTA SEMIESTRUTURADA, OBSERVAÇÃO NÃO PARTICIPANTE E CONVERSAS INFORMAIS QUE SERÃO COMPREENDIDOS PELA ANÁLISE DE CONTEÚDO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.