Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 236
AÇÃO EXTENSIONISTA SOBRE INTOXICAÇÕES POR PLANTAS EM CRIANÇAS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: PREVENÇÃO DE ACIDENTES, SAÚDE, PLANTAS TÓXICAS Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

INTRODUÇÃO: Diversas crianças se intoxicam por plantas tóxicas. Um dos fatores que contribuem para isso é a curiosidade delas, que têm o costume de manusear e colocar na boca os vegetais. Outro fator é a facilidade de acesso que têm a tais plantas com capacidades intoxicantes. Muitas vezes, nos pátios de escolas são cultivadas plantas ornamentais com propriedades tóxicas desconhecidas pelos profissionais educadores. Diante dessa problemática, o “PET Conexões de Saberes Fitoterapia: do conhecimento popular à comprovação científica” organizou a extensão “Plantas toxicas Vs. Plantas Ornamentais: Conhecimento e prevenção de acidentes com crianças”, realizada na Universidade Federal de Campina Grande, que objetivou esclarecer discentes de Pedagogia da UFCG sobre intoxicações por plantas, assim como mostrar medidas de prevenção e primeiros socorros para combatê-las. METODOLOGIA: Trata-se de um relato de experiência acerca da ação extensionista. Participaram da extensão 33 discentes de Pedagogia, divididos em duas turmas, uma visitada 3 dias e outra 4, sem diferenças de conteúdo abordado entre elas assim como de tempo total da atividade, que foi de 15 horas. Foram dadas palestras sobre diversos temas, sempre incentivando a participação dos ouvintes, promovendo assim o intercâmbio de conhecimentos. Foram temas abordados na extensão: desenvolvimento orgânico da criança, saúde na escola, segurança na escola, desenvolvimento cognitivo da criança, plantas medicinais e fitoterápicos, plantas ornamentais tóxicas comuns na Paraíba, reconhecendo e revertendo quadros de intoxicação, entre outros. RESULTADOS: Por meio de questionários aplicados, constatou-se que 100% dos participantes avaliaram a temática da extensão como importante e 100% responderam que os assuntos foram apresentados de modo compreensível. CONCLUSÃO: Participar dessa extensão foi muito edificante para a formação acadêmica dos petianos envolvidos. Foi bastante interessante para tais estudantes, que cursam Medicina, Enfermagem e Psicologia, terem contato com a Pedagogia. Ao preparar as palestras e discussões, houve grande aprendizado com relação aos assuntos abordados assim como de métodos de ensino e dinâmicas. A participação do público-alvo nas discussões foi notável, promovendo assim um rico intercâmbio de conhecimentos. Os membros do PET avaliaram que a ação extensionista foi um sucesso e é esperado que os participantes disseminem os saberes obtidos, fazendo com que muitas intoxicações por plantas ornamentais sejam evitadas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.