Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 133
FITORREMEDIAÇÃO DE SOLO CONTAMINADO POR CHUMBO UTILIZANDO ESPÉCIES METALÓFITAS

Palavra-chaves: FITOEXTRAçãO, FITOESTABILIZAçãO, SíTIOS CONTAMINADOS, SUCESSãO ECOLóGICA, Comunicação Oral (CO) GT 14 - Educação Ambiental

Resumo

A DISPOSIÇÃO INADEQUADA DE REJEITOS E PILHAS DE ESTÉRIL NO SOLO TORNA A ATIVIDADE MINERADORA E DE PROCESSAMENTO DO CHUMBO, COM ALTO POTENCIAL DE CONTAMINAÇÃO E DEGRADAÇÃO AMBIENTAL. QUANDO O TEOR DE CHUMBO NO SOLO ATINGE VALORES DE CONCENTRAÇÃO ELEVADOS, ACIMA DO QUAL SÃO PREJUDICIAIS PARA MANTER A QUALIDADE NATURAL DO SOLO E CAPAZ DE PROVOCAR EFEITOS TÓXICOS PARA AS PLANTAS, SERES VIVOS E AO ECOSSISTEMA, TORNA-SE ESSENCIAL INTERVIR E UTILIZAR TÉCNICAS DE REMEDIAÇÃO PARA DESCONTAMINAR OS SOLOS DE SÍTIOS CONTAMINADOS. A FITORREMEDIAÇÃO É UM PROCESSO BIOLÓGICO QUE UTILIZA PLANTAS METALÓFITAS, QUE SÃO TOLERANTES A NÍVEIS ELEVADOS DE METAIS, ASSOCIADOS À MICROBIOTA, AO USO DE AMENIZANTES DO SOLO E PRÁTICAS AGRONÔMICAS, PARA REMEDIAR UM SÍTIO. ESTE TRABALHO É UMA REVISÃO DE LITERATURA QUE AVALIOU O POTENCIAL DE FITORREMEDIAÇÃO 04 ESPÉCIES VEGETAIS METALÓFITAS: CAPIM VETIVER (VETIVERIA ZIZANIOIDES), FEIJÃO DE PORCO (CANAVALIA ENSIFORMIS L.), GIRASSOL (HELIANTHUS ANNUUS L.) E MAMONA (RICINUS COMMUNIS) DE SEREM UTILIZADAS EM PROGRAMAS DE FITORREMEDIAÇÃO DO SOLO CONTAMINADO POR CHUMBO (PB), CORELACIONANDO FATORES AMBIENTAIS E AGRONÔMICOS QUE CONDICIONAM A VIABILIDADE DO PROCESSO. O CULTIVO DAS ESPÉCIES METALÓFITAS CATALOGADAS FOI REALIZADO EM SOLOS PROVENIENTES DE SÍTIOS CONTAMINADOS POR CHUMBO. ENTRE AS ESPÉCIES CATALOGADAS, O FEIJÃO DE PORCO OBTEVE O MELHOR RESULTADO PARA FITORREMEDIAÇÃO SOLO CONTAMINADO COM ALTAS CONCENTRAÇÕES CHUMBO E POR MULTIMETAIS. EM ORDEM DECRESCENTE AS ESPÉCIES CATALOGADAS QUE OBTIVERAM OS MELHORES RESULTADOS PARA FITORREMEDIAÇÃO FORAM O FEIJÃO DE PORCO, O CAPIM VETIVER, O GIRASSOL E A MAMONA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.