Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO: NÍVEL DE ALINHAMENTO DO PRINCÍPIO DA INDISSOCIABILIDADE NO IFG

Palavra-chaves: INDISSOCIABILIDADE, ENSINO-PESQUISA-EXTENSÃO, INSTITUTOS FEDERAIS, , Comunicação Oral (CO) GT 20 - Educação Profissional e Tecnológica
"2020-11-04 09:38:28"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 68541
    "edicao_id" => 141
    "trabalho_id" => 2146
    "inscrito_id" => 6643
    "titulo" => "ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO: NÍVEL DE ALINHAMENTO DO PRINCÍPIO DA INDISSOCIABILIDADE NO IFG"
    "resumo" => "EXPRESSO NA ATUAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO BRASIL, O PRINCÍPIO DA INDISSOCIABILIDADE ENTRE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NAS UNIVERSIDADES TAMBÉM ALCANÇA OS INSTITUTOS FEDERAIS, INTEGRANTES DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (RFEPCT). O PRESENTE ESTUDO BUSCA REFLETIR SOBRE O NÍVEL DE ALINHAMENTO DO PRINCÍPIO DE INDISSOCIABILIDADE NOS DOCUMENTOS DO IFG, QUANTO AO DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. A ANÁLISE DE CONTEÚDO DE BARDIN (1977) É A OPÇÃO METODOLÓGICA PARA A REALIZAÇÃO DO PRESENTE ESTUDO. A PESQUISA FUNDAMENTA-SE NAS CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS DE RAYS (2003), BAGGIO (2007), MOITA E ANDRADE (2009), TAUCHEN (2009) E GONÇALVES (2015), APOIANDO-SE NUMA PERSPECTIVA INTERDISCIPLINAR DO REFERIDO PRINCÍPIO. EM RAZÃO DA NATUREZA E DA FORMA DE SUA APROPRIAÇÃO PELAS INSTITUIÇÕES, INFERE-SE QUE NÃO É POSSÍVEL TRAÇAR PARALELISMOS SIMPLES ENTRE AS FUNÇÕES PRECÍPUAS DE UNIVERSIDADES E INSTITUTOS FEDERAIS. NESSE CONTEXTO, O ESTUDO REVELOU QUE HÁ BAIXO NÍVEL DE ALINHAMENTO NA ORGANIZAÇÃO DO CORPUS DOCUMENTAL QUE REGULAMENTA AS ATIVIDADES ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NO IFG. OS DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS TAMBÉM REVELAM FRAGILIDADES NA AÇÃO DO PRINCÍPIO DE INDISSOCIABILIDADE NAS DIMENSÕES ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, SENDO QUE TAL REALIDADE TEM IMPLICAÇÕES NO ALCANCE DAS FINALIDADES E DOS OBJETIVOS INSTITUCIONAIS."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 20 - Educação Profissional e Tecnológica"
    "palavra_chave" => "INDISSOCIABILIDADE, ENSINO-PESQUISA-EXTENSÃO, INSTITUTOS FEDERAIS, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV140_MD1_SA20_ID6643_28092020232041.pdf"
    "created_at" => "2020-11-04 17:47:29"
    "updated_at" => "2020-11-05 12:21:52"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LUCAS VINICIUS DIAS"
    "autor_nome_curto" => "LUCAS"
    "autor_email" => "luksdias07@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS (UEG)"
    "autor_imagem" => null
    "edicao_url" => "anais-vii-conedu---edicao-online"
    "edicao_nome" => "Anais VII CONEDU - Edição Online"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional da Educação"
    "edicao_ano" => 2020
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2020"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "5fa41515b329e_05112020120701.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2020-11-04 09:38:28"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 68541
    "edicao_id" => 141
    "trabalho_id" => 2146
    "inscrito_id" => 6643
    "titulo" => "ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO: NÍVEL DE ALINHAMENTO DO PRINCÍPIO DA INDISSOCIABILIDADE NO IFG"
    "resumo" => "EXPRESSO NA ATUAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO BRASIL, O PRINCÍPIO DA INDISSOCIABILIDADE ENTRE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NAS UNIVERSIDADES TAMBÉM ALCANÇA OS INSTITUTOS FEDERAIS, INTEGRANTES DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (RFEPCT). O PRESENTE ESTUDO BUSCA REFLETIR SOBRE O NÍVEL DE ALINHAMENTO DO PRINCÍPIO DE INDISSOCIABILIDADE NOS DOCUMENTOS DO IFG, QUANTO AO DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. A ANÁLISE DE CONTEÚDO DE BARDIN (1977) É A OPÇÃO METODOLÓGICA PARA A REALIZAÇÃO DO PRESENTE ESTUDO. A PESQUISA FUNDAMENTA-SE NAS CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS DE RAYS (2003), BAGGIO (2007), MOITA E ANDRADE (2009), TAUCHEN (2009) E GONÇALVES (2015), APOIANDO-SE NUMA PERSPECTIVA INTERDISCIPLINAR DO REFERIDO PRINCÍPIO. EM RAZÃO DA NATUREZA E DA FORMA DE SUA APROPRIAÇÃO PELAS INSTITUIÇÕES, INFERE-SE QUE NÃO É POSSÍVEL TRAÇAR PARALELISMOS SIMPLES ENTRE AS FUNÇÕES PRECÍPUAS DE UNIVERSIDADES E INSTITUTOS FEDERAIS. NESSE CONTEXTO, O ESTUDO REVELOU QUE HÁ BAIXO NÍVEL DE ALINHAMENTO NA ORGANIZAÇÃO DO CORPUS DOCUMENTAL QUE REGULAMENTA AS ATIVIDADES ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NO IFG. OS DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS TAMBÉM REVELAM FRAGILIDADES NA AÇÃO DO PRINCÍPIO DE INDISSOCIABILIDADE NAS DIMENSÕES ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, SENDO QUE TAL REALIDADE TEM IMPLICAÇÕES NO ALCANCE DAS FINALIDADES E DOS OBJETIVOS INSTITUCIONAIS."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 20 - Educação Profissional e Tecnológica"
    "palavra_chave" => "INDISSOCIABILIDADE, ENSINO-PESQUISA-EXTENSÃO, INSTITUTOS FEDERAIS, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV140_MD1_SA20_ID6643_28092020232041.pdf"
    "created_at" => "2020-11-04 17:47:29"
    "updated_at" => "2020-11-05 12:21:52"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LUCAS VINICIUS DIAS"
    "autor_nome_curto" => "LUCAS"
    "autor_email" => "luksdias07@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS (UEG)"
    "autor_imagem" => null
    "edicao_url" => "anais-vii-conedu---edicao-online"
    "edicao_nome" => "Anais VII CONEDU - Edição Online"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional da Educação"
    "edicao_ano" => 2020
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2020"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "5fa41515b329e_05112020120701.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2020-11-04 09:38:28"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

EXPRESSO NA ATUAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO BRASIL, O PRINCÍPIO DA INDISSOCIABILIDADE ENTRE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NAS UNIVERSIDADES TAMBÉM ALCANÇA OS INSTITUTOS FEDERAIS, INTEGRANTES DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (RFEPCT). O PRESENTE ESTUDO BUSCA REFLETIR SOBRE O NÍVEL DE ALINHAMENTO DO PRINCÍPIO DE INDISSOCIABILIDADE NOS DOCUMENTOS DO IFG, QUANTO AO DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. A ANÁLISE DE CONTEÚDO DE BARDIN (1977) É A OPÇÃO METODOLÓGICA PARA A REALIZAÇÃO DO PRESENTE ESTUDO. A PESQUISA FUNDAMENTA-SE NAS CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS DE RAYS (2003), BAGGIO (2007), MOITA E ANDRADE (2009), TAUCHEN (2009) E GONÇALVES (2015), APOIANDO-SE NUMA PERSPECTIVA INTERDISCIPLINAR DO REFERIDO PRINCÍPIO. EM RAZÃO DA NATUREZA E DA FORMA DE SUA APROPRIAÇÃO PELAS INSTITUIÇÕES, INFERE-SE QUE NÃO É POSSÍVEL TRAÇAR PARALELISMOS SIMPLES ENTRE AS FUNÇÕES PRECÍPUAS DE UNIVERSIDADES E INSTITUTOS FEDERAIS. NESSE CONTEXTO, O ESTUDO REVELOU QUE HÁ BAIXO NÍVEL DE ALINHAMENTO NA ORGANIZAÇÃO DO CORPUS DOCUMENTAL QUE REGULAMENTA AS ATIVIDADES ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NO IFG. OS DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS TAMBÉM REVELAM FRAGILIDADES NA AÇÃO DO PRINCÍPIO DE INDISSOCIABILIDADE NAS DIMENSÕES ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, SENDO QUE TAL REALIDADE TEM IMPLICAÇÕES NO ALCANCE DAS FINALIDADES E DOS OBJETIVOS INSTITUCIONAIS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.