Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 211
AS CONCEPÇÕES DE ESTUDANTES DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SOBRE CONCEITOS ECONÔMICOS

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO FINANCEIRA, COMPREENSÃO ECONÔMICA, MACROECONOMIA, MICROECONOMIA, LUCRO Comunicação Oral (CO) GT 13 - Educação Matemática Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

DADO O CONTEXTO RECENTE DE INVESTIGA??ES E PRODU??ES SOBRE EDUCA??O FINANCEIRA, A APROXIMA??O DO TEMA AO CAMPO DA PSICOLOGIA ? FEITA A PARTIR DA INVESTIGA??O SOBRE A FORMA??O E COMPREENS?O DOS CONCEITOS INERENTES A ESSA ?REA DE CONHECIMENTO. VALE RESSALTAR QUE ESSE PROCESSO COGNITIVO ENVOLVE TANTO FATORES INDIVIDUAIS COMO FATORES CULTURAIS, PORTANTO, A COMPREENS?O SOBRE CONCEITOS ECON?MICOS N?O PODE SER EXPLICADA DE FORMA INDEPENDENTE DO INDIV?DUO QUE EST? INSERIDO NA CULTURA, BEM DEVE CONSIDERAR AS MOTIVA??ES, AS ATITUDES E AS TOMADAS DE DECIS?O. NESTE CEN?RIO, A PRESENTE PESQUISA TEVE POR OBJETIVO INVESTIGAR OS CONHECIMENTOS DE ESTUDANTES DO 5? ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SOBRE CONCEITOS ECON?MICOS, FAZENDO USO TANTO DE M?TODO QUANTITATIVO, ATRAV?S DA ESCALA DE ALFABETIZA??O ECON?MICA PARA CRIAN?AS (TAE-N) E PROVA DE RACIOC?NIO VERBAL; QUANTO DE M?TODO QUALITATIVO, ATRAV?S DA REALIZA??O DE UMA ENTREVISTA CL?NICA ESPEC?FICA SOBRE O CONCEITO DE LUCRO. OS RESULTADOS APONTARAM QUE OS ESTUDANTES APRESENTARAM UM IN?CIO DE CONTEXTUALIZA??O SOBRE QUEST?ES FINANCEIRAS E SOCIAIS, COMPREENDIDAS A PARTIR DE PRECEITOS MORAIS QUE DEVEM SER REGIDOS POR LEIS E PELO ESTADO. ENTRETANTO, FOI PERCEPT?VEL QUE OS ESTUDANTES AINDA N?O DOMINAM ASPECTOS ECON?MICOS FORMAIS E POR VEZES ALUDEM A FATORES EXTRA ECON?MICOS OU A CONCEITOS ECON?MICOS N?O RELACIONADOS A SITUA??O EM QUEST?O. ADEMAIS, FOI POSS?VEL OBSERVAR UMA MELHOR COMPREENS?O DOS ESTUDANTES SOBRE ASPECTOS DA MICROECONOMIA EM DETRIMENTO DE QUEST?ES DA MACROECONOMIA, BEM COMO UMA CORRELA??O, DE BAIXA MAGNITUDE, ENTRE O CONHECIMENTO VOCABULAR E O CONHECIMENTO FINANCEIRO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.