Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 159
A ESCOLA COMO OBJETO DE PESQUISA: O DIAGNOSTICO INSTITUCIONAL DA ESCOLA DONA CLOTILDE SARAIVA COELHO

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO, INOVAÇÃO, IDENTIDADE Comunicação Oral (CO) MOVIMENTOS SOCIAIS, SUJEITOS E PROCESSOS EDUCATIVOS

Resumo

A ESCOLA COMO OBJETO DE PESQUISA: O DIAGNOSTICO INSTITUCIONAL DA ESCOLA DONA CLOTILDE SARAIVA COELHO Daniel Oliveira Silva SouzaRESUMOA escola não cumpre seu papel a contento sem um projeto educativo que defina valores coletivos assumidos por esta. Isso deverá transparecer no seu relacionamento com funcionários, alunos, pais e comunidade onde está inserida. O presente trabalho tem como objetivo traçar o perfil institucional nas dimensões: administrativa pedagógica e cultural da E.E.F.M. Clotilde Saraiva Coelho, compreendendo os mecanismos de organização, funcionamento e estrutura, assim como suas ações e perspectivas inovadoras e reprodutoras. Tendo como ferramenta de investigação a abordagem quantitativa e qualitativa, pensando que o diagnóstico institucional é um conjunto de informações documentais e sociais que montam a realidade escolar. Na escola em estudo o que predomina são minicursos extracurricular, que evidenciam a construção de uma identidade juvenil-estudantil bem consolidada, ou seja, ao fazer parte de um minicurso, o individuo não é mais um estudante que compõe a escola, mas sim, o aluno x que faz parte do curso y. Outra variante estudada foi à ideia de pertencimento, uma vez que 76% dos alunos matriculados na escola residem no mesmo bairro da instituição ou no bairro vizinho, fato este que traça uma particularidade desta instituição. Outra perspectiva eficiente foi às ações desenvolvidas pelo projeto Diretor de Turma (DT), projeto único do Estado do Ceará que funciona no ensino estadual, o professor deve envolver-se em três dimensões que se inter-relacionam: clima institucional, sala de aula e historia de cada sujeito, e assim perceber as variantes no processo de formação educacional, trata-se de um contato mais próximo dos alunos com o professor “DT”, onde este possui maior interação com uma turma especifica desenvolvendo habilidades para lidar com as problemáticas individuais, sendo uma ponte de mediação entre aluno, pais e coordenação pedagógica. Palavras – chave: educação, inovação e identidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.