Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 201
MAIS RESENHA: UMA PROPOSTA PARA FORMAÇÃO DO LEITOR CRÍTICO NA ESCOLA

Palavra-chaves: LEITURA, LITERATURA, EDUCAÇÃO LITERÁRIA Comunicação Oral (CO) ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Este trabalho tem por objetivo discutir o processo de formação do leitor na escola da Educação Básica brasileira, analisando a atividade de ensino e extensão universitária desenvolvida no Colégio de Aplicação do Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco: Projeto “Mais resenha! Nas linhas da leitura crítico-literária”. Toma por base a perspectiva de língua enquanto prática sociointerativa para investigar qualitativamente, na conjunção de atividades de observação e descrição das atividades do projeto, um corpus composto de registros de observações de aulas do ensino fundamental e de oficinas pedagógicas de leitura destinada a alunos de licenciatura e professores da educação básica, bem como do encontro acadêmico proposto nas ações extensionistas; 20 textos enviados a um concurso de produção de resenhas na educação básica, e 30 questionários avaliativos selecionados aleatoriamente respondidos por participantes do referido encontro. Como resultados, observa-se que a experiência em tela coloca em foco o ensino-aprendizagem de Língua e Literatura enquanto prática social, bem como o espaço da escola como o de transformação do conhecimento em coletivo. Nesse contexto, as atividades de ensino pautadas na diversidade de gêneros do discurso com vistas à produção de sentidos verbais contextualizados, repercutem na resposta crítica dos leitores participantes do concurso de produção de resenhas, evidenciando-se em suas análises dos valores sociais e estéticos das obras literárias lidas; por fim, a avaliação da comunidade acadêmica frente à relevância da socialização de práticas de leitura em evento sobre leitura e literatura aponta para o compartilhar de conhecimentos construídos na escola com a comunidade com o propósito de ampliar o diálogo com a sociedade sobre o ensino, a pesquisa e a extensão como componentes da prática dos professores da educação básica. Com as atividades de extensão, o ensino-aprendizagem baliza-se pela função social do conhecimento, a integração dos sujeitos e o compromisso social da escola.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.