Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A EDUCAÇÃO NO/DO CAMPO E A EXPERIÊNCIA DAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DO CAMPO NOS ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA DO CEARÁ

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO DO/NO CAMPO, ENSINO MÉDIO, REFORMA AGRÁRIA Pôster (PO) MOVIMENTOS SOCIAIS, SUJEITOS E PROCESSOS EDUCATIVOS
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 6701
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 1836
    "inscrito_id" => 32509
    "titulo" => "A EDUCAÇÃO NO/DO CAMPO E A EXPERIÊNCIA DAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DO CAMPO NOS ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA DO CEARÁ"
    "resumo" => "RESUMOA Educação no/do Campo é uma questão que perpassa não apenas o âmbito educacional, mas também o âmbito do direito e das políticas públicas. O direito à educação aos povos do campo, ao longo da história do Brasil, sempre foi relegado a segundo plano pelos governantes, em todos os níveis, principalmente, no ensino médio. Daí, o Movimento dos Trabalhadores/as Rurais Sem Terra (MST), do estado do Ceará, passou a reivindicar escolas em áreas de assentamentos rurais que contemplasse o ensino médio. Em 2007, o MST/CE conquista, a partir da sua Jornada de Luta, o compromisso do governo do estado de construir tais escolas em assentamentos rurais vinculados ao Movimento. Entre 2010 e 2011, 05 escolas foram construídas em assentamentos da Reforma Agrária. A partir do exposto, o presente trabalho objetiva apresentar a experiência da construção coletiva, o contexto histórico de luta e o Projeto Político Pedagógico (PPP) das escolas de ensino médio do campo. Para tanto, pautaremos os estudos de GOMES (2013), CALDART (2012), PISTRAK (2011) e TAFFAREL (2010) a fim de nos embasar teoricamente. Na metodologia de estudo nos utilizamos da pesquisa documental e bibliográfica, apoiando-se no estudo do PPP das escolas, Decreto nº. 7.352/2010, como também em MINAYO (2007). A partir dos estudos realizados obtivemos dados que apresentam resultados relevantes para a Educação do Campo no estado do Ceará, pois além das 05 (cinco) escolas já construídas e em pleno funcionamento, estão em processo de construção mais 04 (quatro) escolas a serem inauguradas em fevereiro de 2015 e mais 03 (três) escolas pautadas e asseguradas pelo governo do estado a serem construídas em áreas de assentamentos da Reforma Agrária. Para GOMES (2013), essa “conquista” é fruto da luta do movimento social organizado, onde contrapõe dois projetos de campo em disputa dentro do contexto econômico mundial."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "MOVIMENTOS SOCIAIS, SUJEITOS E PROCESSOS EDUCATIVOS"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO DO/NO CAMPO, ENSINO MÉDIO, REFORMA AGRÁRIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_14_08_2014_16_02_15_idinscrito_32509_eeccddf03c224e91e654a021c1b22bb4.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:24"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ARILENE MARIA DE OLIVEIRA CHAVES"
    "autor_nome_curto" => "ARILENE CHAVES"
    "autor_email" => "arilenechaves@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 6701
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 1836
    "inscrito_id" => 32509
    "titulo" => "A EDUCAÇÃO NO/DO CAMPO E A EXPERIÊNCIA DAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DO CAMPO NOS ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA DO CEARÁ"
    "resumo" => "RESUMOA Educação no/do Campo é uma questão que perpassa não apenas o âmbito educacional, mas também o âmbito do direito e das políticas públicas. O direito à educação aos povos do campo, ao longo da história do Brasil, sempre foi relegado a segundo plano pelos governantes, em todos os níveis, principalmente, no ensino médio. Daí, o Movimento dos Trabalhadores/as Rurais Sem Terra (MST), do estado do Ceará, passou a reivindicar escolas em áreas de assentamentos rurais que contemplasse o ensino médio. Em 2007, o MST/CE conquista, a partir da sua Jornada de Luta, o compromisso do governo do estado de construir tais escolas em assentamentos rurais vinculados ao Movimento. Entre 2010 e 2011, 05 escolas foram construídas em assentamentos da Reforma Agrária. A partir do exposto, o presente trabalho objetiva apresentar a experiência da construção coletiva, o contexto histórico de luta e o Projeto Político Pedagógico (PPP) das escolas de ensino médio do campo. Para tanto, pautaremos os estudos de GOMES (2013), CALDART (2012), PISTRAK (2011) e TAFFAREL (2010) a fim de nos embasar teoricamente. Na metodologia de estudo nos utilizamos da pesquisa documental e bibliográfica, apoiando-se no estudo do PPP das escolas, Decreto nº. 7.352/2010, como também em MINAYO (2007). A partir dos estudos realizados obtivemos dados que apresentam resultados relevantes para a Educação do Campo no estado do Ceará, pois além das 05 (cinco) escolas já construídas e em pleno funcionamento, estão em processo de construção mais 04 (quatro) escolas a serem inauguradas em fevereiro de 2015 e mais 03 (três) escolas pautadas e asseguradas pelo governo do estado a serem construídas em áreas de assentamentos da Reforma Agrária. Para GOMES (2013), essa “conquista” é fruto da luta do movimento social organizado, onde contrapõe dois projetos de campo em disputa dentro do contexto econômico mundial."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "MOVIMENTOS SOCIAIS, SUJEITOS E PROCESSOS EDUCATIVOS"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO DO/NO CAMPO, ENSINO MÉDIO, REFORMA AGRÁRIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_14_08_2014_16_02_15_idinscrito_32509_eeccddf03c224e91e654a021c1b22bb4.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:24"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ARILENE MARIA DE OLIVEIRA CHAVES"
    "autor_nome_curto" => "ARILENE CHAVES"
    "autor_email" => "arilenechaves@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

RESUMOA Educação no/do Campo é uma questão que perpassa não apenas o âmbito educacional, mas também o âmbito do direito e das políticas públicas. O direito à educação aos povos do campo, ao longo da história do Brasil, sempre foi relegado a segundo plano pelos governantes, em todos os níveis, principalmente, no ensino médio. Daí, o Movimento dos Trabalhadores/as Rurais Sem Terra (MST), do estado do Ceará, passou a reivindicar escolas em áreas de assentamentos rurais que contemplasse o ensino médio. Em 2007, o MST/CE conquista, a partir da sua Jornada de Luta, o compromisso do governo do estado de construir tais escolas em assentamentos rurais vinculados ao Movimento. Entre 2010 e 2011, 05 escolas foram construídas em assentamentos da Reforma Agrária. A partir do exposto, o presente trabalho objetiva apresentar a experiência da construção coletiva, o contexto histórico de luta e o Projeto Político Pedagógico (PPP) das escolas de ensino médio do campo. Para tanto, pautaremos os estudos de GOMES (2013), CALDART (2012), PISTRAK (2011) e TAFFAREL (2010) a fim de nos embasar teoricamente. Na metodologia de estudo nos utilizamos da pesquisa documental e bibliográfica, apoiando-se no estudo do PPP das escolas, Decreto nº. 7.352/2010, como também em MINAYO (2007). A partir dos estudos realizados obtivemos dados que apresentam resultados relevantes para a Educação do Campo no estado do Ceará, pois além das 05 (cinco) escolas já construídas e em pleno funcionamento, estão em processo de construção mais 04 (quatro) escolas a serem inauguradas em fevereiro de 2015 e mais 03 (três) escolas pautadas e asseguradas pelo governo do estado a serem construídas em áreas de assentamentos da Reforma Agrária. Para GOMES (2013), essa “conquista” é fruto da luta do movimento social organizado, onde contrapõe dois projetos de campo em disputa dentro do contexto econômico mundial.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.