Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 194
NO ONTEM, A COMPREENSÃO DO HOJE: ESCAVANDO JUÍZOS PASSADOS PARA PENSAR O PRECONCEITO CONTRA ALUNOS SURDOS

Palavra-chaves: SURDEZ, PRECONCEITO, HANNAH ARENDT Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO ESPECIAL Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Em tempos excludentes, mas ansiosos pela inclusão das diferenças, faz-se mister pensar a respeito do preconceito. O objetivo precípuo desta comunicação oral é expor concepções teóricas da pensadora judaico-alemã Hannah Arendt (Alemanha, 1906 − Estados Unidos, 1975) acerca do preconceito. Especificamente, trataremos do preconceito contra estudantes surdos. Para a filósofa, o preconceito não é uma idiossincrasia ou algo que se manifeste individualmente contra determinado grupo social. Sua força e seu perigo estão no que há de oculto do passado.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.