Artigo E-book IV CONIDIH / 2ª Edição 2019

E-books

ISBN: 978-65-86901-05-4

Visualizações: 235
ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PACIENTES SURDOS NA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA UM DIREITO HUMANO INFRINGIDO

Palavra-chaves: SURDEZ., ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM., DIREITO HUMANO INFRINGIDO., , E-book AT 06: Direitos Humanos, Meio Ambiente, Trabalho e Políticas de Saúde

Resumo

O ESTUDO ABORDA A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM DEFICITÁRIA A PESSOAS SURDAS QUE NECESSITAM DOS SERVIÇOS DE SAÚDE NA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA, NO QUAL OS PROFISSIONAIS APESAR DE SABEREM A IMPORTÂNCIA DO ATENDIMENTO INDIVIDUALIZADO E SIGILOSO, MUITAS VEZES NECESSITAM DE INTÉRPRETES E UTILIZAM DE MEIOS COMO MÍMICAS E LEITURA LABIAL PARA REALIZAR A CONSULTA, APESAR DESTA SER GARANTIDA A TODOS OS INDIVÍDUOS, INDEPENDENTEMENTE DE SUA CONDIÇÃO FÍSICA E/OU SOCIAL. ESTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO ALERTAR PROFISSIONAIS DA SAÚDE, ESPECIALMENTE ENFERMEIROS, SOBRE A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE LIBRAS NA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE, UMA VEZ QUE ESTA É A PORTA DE ENTRADA PARA OS PACIENTES QUE UTILIZAM O SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE. TRATA DE UM ESTUDO DE CUNHO QUALITATIVO QUE UTILIZOU O LEVANTAMENTO DOCUMENTAL E BIBLIOGRÁFICO, DO TIPO DESCRITIVO COMO ESTRATÉGIAS METODOLÓGICAS. DURANTE A ANÁLISE DOS DADOS OBSERVOU-SE QUE APESAR DO PACIENTE SURDO TER SEU DIREITO GARANTIDO POR LEI A CONSULTAS PARA ATENDIMENTO DE SAÚDE, AINDA EXISTE UMA IMENSA LACUNA REFERENTE A QUALIDADE DO ATENDIMENTO, POIS GRANDE PARTE DOS ENFERMEIROS NÃO POSSUEM CONHECIMENTO SOBRE A LINGUAGEM DE SINAIS – LIBRAS. DIANTE DOS PRESSUPOSTOS APRESENTADOS, PERCEBE-SE QUE EXISTE UM DESPREPARO DOS ENFERMEIROS, LEVANDO EM CONTA QUE O INSTRUMENTO BÁSICO PARA UMA BOA ASSISTÊNCIA É A COMUNICAÇÃO, SENDO ASSIM ESSES PROFISSIONAIS PRECISAM DESENVOLVER ATIVIDADES PARA UMA BOA COMUNICAÇÃO COM OS PACIENTES SURDOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.