Artigo E-book IV CONIDIH / 2ª Edição 2019

E-books

ISBN: 978-65-86901-05-4

Visualizações: 267
AS GRANDES EMPREITEIRAS NA DITADURA MILITAR BRASILEIRA E O DIREITO À MEMÓRIA E VERDADE: UM ESTUDO SOBRE OS CASOS DE CORRUPÇÃO ENVOLVENDO A EMPRESA ODEBRECHT

Palavra-chaves: DIREITO À MEMÓRIA E VERDADE, CORRUPÇÃO, ODEBRECHT, , E-book AT 04: Corrupção e Direitos Humanos

Resumo

O OBJETIVO PRINCIPAL DESTE TRABALHO É DISCUTIR COMO A FALHA NO PROCESSO TRANSICIONAL BRASILEIRO, SOBRETUDO A AFASTAMENTO DA PRIORIDADE DA CONSOLIDAÇÃO DO DIREITO À MEMÓRIA E VERDADE POR PARTE DO GOVERNO BRASILEIRO, ACARRETOU A REPETIÇÃO, OU ATÉ MESMO A CONTINUIDADE DAS PRÁTICAS ILÍCITAS QUE OCORRIAM NA DITADURA CIVIL-MILITAR, NO ATUAL ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. NESTA PERSPECTIVA, SERÁ REALIZADO UM ESTUDO SOBRE OS CASOS DE CORRUPÇÃO ENVOLVENDO A EMPRESA ODEBRECHT, QUE POSSUIU ALIANÇAS DUVIDOSAS COM OS AGENTES ESTATAIS NO PERÍODO AUTORITÁRIO E ATUALMENTE SE ENVOLVEU, POR EXEMPLO, NUM DOS MAIORES ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO COMO FOI A OPERAÇÃO LAVA-JATO. A PESQUISA UTILIZA REFERENCIAL TEÓRICO DE DIREITOS HUMANOS, HISTÓRIA, CIÊNCIA POLÍTICA E INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS DE CUNHO JORNALÍSTICOS, COLETADAS DA GRANDE MÍDIA, MAIS ESPECIFICAMENTE EM SITES E REVISTAS DE JORNAIS RECONHECIDOS NACIONALMENTE E INTERNACIONALMENTE, COMO A BBC, O EL PAÍS E A FOLHA DE SÃO PAULO. O ARTIGO CONCLUI QUE A PARTIR DO MOMENTO QUE O PROCESSO TRANSICIONAL BRASILEIRO NÃO PRIORIZOU MEDIDAS COMO A PUBLICIDADE DAS ALIANÇAS ESCUSAS ENTRE SETORES DO EMPRESARIADO E O GOVERNO DITATORIAL, INÚMEROS ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO SE ESTENDERAM ATÉ O PRESENTE MOMENTO, NÃO ESTANDO O LEGADO DA DITADURA, PORTANTO, DEVIDAMENTE ROMPIDO, APRESENTANDO VESTÍGIOS NA ATUAL DEMOCRACIA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.