Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

UMA ANÁLISE DA APRENDIZAGEM DA LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA A PARTIR DO USO DA SEMIÓTICA PEIRCEANA

Palavra-chaves: APRENDIZAGEM NA INFÂNCIA, LÍNGUA INGLESA, SIGNOS PEIRCEANOS Comunicação Oral (CO) GT 15 – Ensino de línguas
"2019-10-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 62827
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 539
    "inscrito_id" => 1671
    "titulo" => "UMA ANÁLISE DA APRENDIZAGEM DA LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA A PARTIR DO USO DA SEMIÓTICA PEIRCEANA"
    "resumo" => "ESTE ARTIGO TRAZ UMA ANÁLISE ACERCA DA APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA A PARTIR DO USO DOS SIGNOS PEIRCEANOS NA ESFERA ESCOLAR. PARA EFETUAR NOSSA ANÁLISE, DETALHAMOS OS CONCEITOS DE SIGNO, SUA RELAÇÃO COM O OBJETO E O INTERPRETANTE, BEM COMO SUA ATUAÇÃO NA SEMIOSE. DESTACAMOS QUE TAIS CONCEITOS VERSAM SOBRE A APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS SIGNOS SOB UMA ABORDAGEM QUE NOS PERMITE DELIBERAR ALTERNATIVAS PARA UMA MELHOR PERSPECTIVA DE ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA, POR DESTACAR O PROCESSO DE APRENDIZADO A PARTIR DAS RELAÇÕES SIMBÓLICAS QUE A IMAGEM PROPORCIONA AO APRENDIZ ATRAVÉS DOS SIGNOS NÃO VERBAIS. TAMBÉM DEMONSTRAMOS QUE O TRABALHO DOCENTE TEM GRANDE INFLUÊNCIA DURANTE ESSA FASE DA APRENDIZAGEM, POIS OS MÉTODOS DE ENSINO CONTRIBUEM DE MANEIRA SIGNIFICATIVA PARA O ENVOLVIMENTO DOS EDUCANDOS DURANTE AS AULAS, REFLETINDO ASSIM NA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA. PARA ISSO, APRESENTAREMOS TEORIAS QUE COMPROVAM QUE A INFÂNCIA É UMA DAS MELHORES FASES PARA QUE A APRENDIZAGEM DE UM SEGUNDO IDIOMA SEJA ESTIMULADA, POIS AS CRIANÇAS, NA FASE INICIAL DA EDUCAÇÃO ESCOLAR, ESTÃO BEM MAIS PREDISPOSTAS A APRENDER “O NOVO”, POIS A CURIOSIDADE E A VONTADE DE SABER MAIS FAZ COM QUE A CRIANÇA CONSOLIDE O CONHECIMENTO ADQUIRIDO E O INSIRA EM SEU COTIDIANO"
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 15 – Ensino de línguas"
    "palavra_chave" => "APRENDIZAGEM NA INFÂNCIA, LÍNGUA INGLESA, SIGNOS PEIRCEANOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD1_SA15_ID1671_16072019231628.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:47"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BRUNA GOMES PEREIRA DE CASTRO"
    "autor_nome_curto" => "BRUNA CASTRO"
    "autor_email" => "bruunagcastro@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 62827
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 539
    "inscrito_id" => 1671
    "titulo" => "UMA ANÁLISE DA APRENDIZAGEM DA LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA A PARTIR DO USO DA SEMIÓTICA PEIRCEANA"
    "resumo" => "ESTE ARTIGO TRAZ UMA ANÁLISE ACERCA DA APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA A PARTIR DO USO DOS SIGNOS PEIRCEANOS NA ESFERA ESCOLAR. PARA EFETUAR NOSSA ANÁLISE, DETALHAMOS OS CONCEITOS DE SIGNO, SUA RELAÇÃO COM O OBJETO E O INTERPRETANTE, BEM COMO SUA ATUAÇÃO NA SEMIOSE. DESTACAMOS QUE TAIS CONCEITOS VERSAM SOBRE A APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS SIGNOS SOB UMA ABORDAGEM QUE NOS PERMITE DELIBERAR ALTERNATIVAS PARA UMA MELHOR PERSPECTIVA DE ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA, POR DESTACAR O PROCESSO DE APRENDIZADO A PARTIR DAS RELAÇÕES SIMBÓLICAS QUE A IMAGEM PROPORCIONA AO APRENDIZ ATRAVÉS DOS SIGNOS NÃO VERBAIS. TAMBÉM DEMONSTRAMOS QUE O TRABALHO DOCENTE TEM GRANDE INFLUÊNCIA DURANTE ESSA FASE DA APRENDIZAGEM, POIS OS MÉTODOS DE ENSINO CONTRIBUEM DE MANEIRA SIGNIFICATIVA PARA O ENVOLVIMENTO DOS EDUCANDOS DURANTE AS AULAS, REFLETINDO ASSIM NA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA. PARA ISSO, APRESENTAREMOS TEORIAS QUE COMPROVAM QUE A INFÂNCIA É UMA DAS MELHORES FASES PARA QUE A APRENDIZAGEM DE UM SEGUNDO IDIOMA SEJA ESTIMULADA, POIS AS CRIANÇAS, NA FASE INICIAL DA EDUCAÇÃO ESCOLAR, ESTÃO BEM MAIS PREDISPOSTAS A APRENDER “O NOVO”, POIS A CURIOSIDADE E A VONTADE DE SABER MAIS FAZ COM QUE A CRIANÇA CONSOLIDE O CONHECIMENTO ADQUIRIDO E O INSIRA EM SEU COTIDIANO"
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 15 – Ensino de línguas"
    "palavra_chave" => "APRENDIZAGEM NA INFÂNCIA, LÍNGUA INGLESA, SIGNOS PEIRCEANOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD1_SA15_ID1671_16072019231628.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:47"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BRUNA GOMES PEREIRA DE CASTRO"
    "autor_nome_curto" => "BRUNA CASTRO"
    "autor_email" => "bruunagcastro@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTE ARTIGO TRAZ UMA ANÁLISE ACERCA DA APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA A PARTIR DO USO DOS SIGNOS PEIRCEANOS NA ESFERA ESCOLAR. PARA EFETUAR NOSSA ANÁLISE, DETALHAMOS OS CONCEITOS DE SIGNO, SUA RELAÇÃO COM O OBJETO E O INTERPRETANTE, BEM COMO SUA ATUAÇÃO NA SEMIOSE. DESTACAMOS QUE TAIS CONCEITOS VERSAM SOBRE A APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS SIGNOS SOB UMA ABORDAGEM QUE NOS PERMITE DELIBERAR ALTERNATIVAS PARA UMA MELHOR PERSPECTIVA DE ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA INFÂNCIA, POR DESTACAR O PROCESSO DE APRENDIZADO A PARTIR DAS RELAÇÕES SIMBÓLICAS QUE A IMAGEM PROPORCIONA AO APRENDIZ ATRAVÉS DOS SIGNOS NÃO VERBAIS. TAMBÉM DEMONSTRAMOS QUE O TRABALHO DOCENTE TEM GRANDE INFLUÊNCIA DURANTE ESSA FASE DA APRENDIZAGEM, POIS OS MÉTODOS DE ENSINO CONTRIBUEM DE MANEIRA SIGNIFICATIVA PARA O ENVOLVIMENTO DOS EDUCANDOS DURANTE AS AULAS, REFLETINDO ASSIM NA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA. PARA ISSO, APRESENTAREMOS TEORIAS QUE COMPROVAM QUE A INFÂNCIA É UMA DAS MELHORES FASES PARA QUE A APRENDIZAGEM DE UM SEGUNDO IDIOMA SEJA ESTIMULADA, POIS AS CRIANÇAS, NA FASE INICIAL DA EDUCAÇÃO ESCOLAR, ESTÃO BEM MAIS PREDISPOSTAS A APRENDER “O NOVO”, POIS A CURIOSIDADE E A VONTADE DE SABER MAIS FAZ COM QUE A CRIANÇA CONSOLIDE O CONHECIMENTO ADQUIRIDO E O INSIRA EM SEU COTIDIANO

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.