Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 207
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: PONDERAÇÕES CONCEITUAIS, TEÓRICAS E METODOLOGIAS

Palavra-chaves: EPISTEMOLOGIA AMBIENTAL, PRÁTICAS DE ENSINO, SUSTENTABILIDADE. Comunicação Oral (CO) GT 14 - Educação Ambiental Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

RESUMO O ESTUDO EM APREÇO TEM POR OBJETIVO EXPLANAR ALGUNS ASPECTOS CONCEITUAIS E EPISTEMOLÓGICOS RELACIONADOS A EDUCAÇÃO AMBIENTAL, PARA O FORTALECIMENTO DE UMA ECOPEDAGOGIA QUE RESULTE EM PRÁTICAS EDUCATIVAS CONTEXTUAIS PELO VIÉS RELACIONAL. COMO NORTE TEÓRICO UTILIZOU-SE OS PRESSUPOSTOS DA DIALOGICIDADE FREIRIANA. COMO RECURSO METODOLÓGICO FOI EMPREGADO A PESQUISA BIBLIOGRÁFICA POR MEIO DE UMA ABORDAGEM QUALITATIVA. COMO RESULTADO, PERCEBEU-SE QUE A PRODUÇÃO ACADÊMICA ATUAL SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL É VASTA, CONTUDO, NECESSITA DE MAIOR APROFUNDAMENTO TEÓRICO-METODOLÓGICO, ALÉM DE MAIOR DISSEMINAÇÃO E REVERBERAÇÃO NAS RELAÇÕES DE ENSINO. DISCUTIU-SE, DORAVANTE, ACERCA DA FUNDAMENTAÇÃO CONCEITUAL E DO DESENVOLVIMENTO DE MÉTODOS PEDAGÓGICOS CONDIZENTES COM OS CENÁRIOS EDUCATIVOS ATUAIS, ALÉM DE ABORDAGENS ADEQUADAS PARA ESSE CAMPO DO CONHECIMENTO. POR CONCLUSÃO FOI CONSIDERADA A IMPORTÂNCIA DA COMPREENSÃO E SOCIALIZAÇÃO DAS QUESTÕES RELATIVAS AO MEIO AMBIENTE PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE PAUTADA NOS PRINCÍPIOS DA SUSTENTABILIDADE. PALAVRAS-CHAVE: EPISTEMOLOGIA AMBIENTAL. PRÁTICAS DE ENSINO. SUSTENTABILIDADE.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.