Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 206
CURRÍCULO E CULTURA COMO PRÁTICAS DE SIGNIFICAÇÃO: QUE FORMAÇÃO? QUE SUJEITO?

Palavra-chaves: CULTURA, CURRÍCULO, FORMAÇÃO, IDENTIDADE Comunicação Oral (CO) GT 02 - Didática, Currículo e Política Educacional

Resumo

O TEXTO REFLETE SOBRE A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DAS PESSOAS, RESSALTANDO OS IMPACTOS DAS CONCEPÇÕES EXISTENTES NAS RELAÇÕES DE PODER QUE SÃO EXERCIDAS SOBRE O SUJEITO NO ÂMBITO SOCIAL E CULTURAL. REFLETE, PORTANTO, SOBRE OS PROCESSOS DA CONSTRUÇÃO SOCIAL DO INDIVÍDUO NA SOCIEDADE A PARTIR DO CURRÍCULO ESCOLAR. PARA A ELABORAÇÃO DO ESTUDO, FEZ-SE USO DE UMA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA, TOMANDO COMO BASE TEÓRICA OS AUTORES QUE DISCUTEM SOBRE CURRÍCULO E FORMAÇÃO HUMANA. APRESENTA-SE BREVE EXPLANAÇÃO DO DEBATE TEÓRICO QUE CERCA A RELAÇÃO ENTRE CURRÍCULO E PODER; EM SEGUIDA, DISCUTE-SE A LIGAÇÃO DO CURRÍCULO COM A CULTURA; PARA ENTÃO, DETER-SE SOBRE A COMPREENSÃO DA INFLUÊNCIA DO CURRÍCULO NA FORMAÇÃO HUMANA, VISTO QUE, AS PROPOSTAS POLÍTICO-PEDAGÓGICAS SÃO FEITAS POR QUEM DETÉM O PODER NA SOCIEDADE. CONCLUIU-SE QUE A EDUCAÇÃO ESCOLAR DEVE BUSCAR UMA FORMAÇÃO EMANCIPADORA QUE DESENVOLVA A PESSOA EM TODAS AS SUAS DIMENSÕES E RESPEITE AS SUAS PARTICULARIDADES, TRABALHANDO A PLURALIDADE E A INTERCULTURALIDADE DO MEIO SOCIAL NO AMBIENTE ESCOLAR.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.