Artigo Anais X CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 239
IDENTIDADE GAY: ESTRATÉGIAS E TÁCTICAS USADAS PELOS HOMOSSEXUAIS PARA CONTRAPOR O ESTIGMA E MARGINALIZAÇÃO SOCIAL NA CIDADE DE ALAGOA GRANDE-PARAÍBA

Palavra-chaves: IDENTIDADE GAY, ESTIGMA, ESTRATÉGEIAS Comunicação Oral (CO) Teorias e estudos gays, lésbicos e queers em diversos contextos Publicado em 04 de junho de 2014

Resumo

Esta pesquisa analisa as estratégias e táticas usadas pelos homossexuais que moram na cidade de Alagoa Grande – Paraíba para contrapor a estigmatização e a marginalização social. Neste estudo tivemos como objetivos específicos procurar compreender o processo de construção da identidade homossexual; perceber como é gerida e é feita a manipulação da identidade gay em espaços de sociabilidade heterossexual; Identificar espaços de sociabilidade gay. Para efeito de pesquisa, este estudo foi desenvolvido na cidade de Alagoa Grande, local onde encontramos um número razoável de homossexuais, onde os mesmos vivem suas vidas em um espaço de sociabilidade, interação e de diversão. Com relação ao nosso suporte teórico, a abordagem de Estigma defendida por Goffman (1988), integrada na teoria de Interacionismo Simbólico. De posse a este aporte teórico aplicamos uma metodologia do tipo qualitativa com abordagem hipotético-dedutiva, através de entrevistas semi-estruturadas tendo como sujeitos participantes 20 homossexuais. O nosso argumento para estudo, análise e discussão teve a sua referência do pressuposto que a sociedade moçambicana tem comopadrão normativo a heterossexualidade, e a homossexualidade não fazendo parte danorma aceite socialmente é considerada como comportamento desviante e assim oshomossexuais são estigmatizados pela sociedade. Entretanto, estes sujeitos estigmatizados encontram alternativas, saídas para levarem seus desejos à prática e experimentam, vivenciam regular ou não, relações sexuais e afetivas com pessoas do mesmo sexo. Os resultados que foram obtidos pelos instrumentos de coleta de dados utilizamos nos permitiram concluir que o estigma e a marginalização constituem barreiras sociais no processo de interação, sendo assim, os homossexuais adotam, criam, utilizam meios, estratégias, procedimentos e táticas para contrapor o estigma e a marginalização social. Dentre as quais a auto-afirmação da identidade, encobrimento ou ocultamento, a manipulação da identidade, alinhamento intragrupal, criação de espaços de sociabilidades e redes sociais. Portanto, ficou notório nesta pesquisa que as estratégias utilizadas pelos os homossexuais possibilitam que façam uma gestão da suaidentidade de acordo com o contexto ou espaço social em que estiverem inseridos, demodo a permitir o convívio social.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.