Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

EFEITO DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO NA DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA DE UM RESERVATÓRIO SEMIÁRIDO

Palavra-chaves: TRANSPOSIÇÃO, RIQUEZA FUNCIONAL, UNIFORMIDADE FUNCIONAL, ZOOPLÂNCTON, ZOOPLÂNCTON Comunicação Oral (CO) AT 07: Ciências da Natureza e suas abordagens
"2019-09-02 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 56777
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 990
    "inscrito_id" => 2059
    "titulo" => """
      EFEITO DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO NA \r\n
      DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA \r\n
      DE UM RESERVATÓRIO SEMIÁRIDO
      """
    "resumo" => """
      A REGIÃO SEMIÁRIDA NORDESTINA É CARACTERIZADA PELA INSTABILIDADE PLUVIOMÉTRICA E ALTOS NÍVEIS DE \r\n
      EVAPOTRANSPIRAÇÃO. PARA SUPRIR A ESCASSEZ HÍDRICA DA REGIÃO, RECENTEMENTE HOUVE A IMPLANTAÇÃO DO \r\n
      PROJETO DE TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO CUJO OBJETIVO É SANAR A PROBLEMÁTICA DE ABASTECIMENTO \r\n
      PÚBLICO DA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL. O PRESENTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO AVALIAR OS EFEITOS DA \r\n
      TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO NA DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA DE UM \r\n
      RESERVATÓRIO LOCALIZADO NO SEMIÁRIDO PARAIBANO. CAMPANHAS DE COLETA FORAM REALIZADAS NO RESERVATÓRIO \r\n
      EPITÁCIO PESSOA E ACONTECERAM ANTES (FEV/2017) E DEPOIS (JUN/2017) DA CHEGADA DAS ÁGUAS \r\n
      PROVENIENTES DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO. A RIQUEZA E DENSIDADE DA COMUNIDADE \r\n
      ZOOPLANCTÔNICA FOI ESTIMADA E PARA A DETERMINAÇÃO DA DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE FORAM \r\n
      DETERMINADOS PARÂMETROS DE RIQUEZA E UNIFORMIDADE FUNCIONAL A PARTIR DE ATRIBUTOS FUNCIONAIS \r\n
      RELACIONADOS AO NÍVEL TRÓFICO, REPRODUÇÃO E HÁBITO ALIMENTAR DAS ESPÉCIES AMOSTRADAS. EM GERAL, FOI \r\n
      OBSERVADO UM AUMENTO NA RIQUEZA DE ESPÉCIES, DENSIDADE, RIQUEZA FUNCIONAL E DIMINUIÇÃO DA \r\n
      UNIFORMIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE APÓS O EVENTO DE TRANSPOSIÇÃO. ASSIM, NOS SINTETIZAMOS QUE A \r\n
      ESTRUTURA FUNCIONAL DA COMUNIDADE ECOLÓGICA ESTUDADA, ATRAVÉS DAS ANÁLISES DOS SEUS ATRIBUTOS \r\n
      FUNCIONAIS, FUNCIONOU COMO UMA FERRAMENTA CAPAZ DE DETECTAR OS EFEITOS DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO \r\n
      FRANCISCO.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 07: Ciências da Natureza  e suas abordagens"
    "palavra_chave" => "TRANSPOSIÇÃO, RIQUEZA FUNCIONAL, UNIFORMIDADE FUNCIONAL, ZOOPLÂNCTON, ZOOPLÂNCTON"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD1_SA7_ID2059_01082019201809.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LETÍCIA ARAÚJO DA SILVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "LETÍCIA SILVEIRA"
    "autor_email" => "letsilveiraaa@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 56777
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 990
    "inscrito_id" => 2059
    "titulo" => """
      EFEITO DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO NA \r\n
      DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA \r\n
      DE UM RESERVATÓRIO SEMIÁRIDO
      """
    "resumo" => """
      A REGIÃO SEMIÁRIDA NORDESTINA É CARACTERIZADA PELA INSTABILIDADE PLUVIOMÉTRICA E ALTOS NÍVEIS DE \r\n
      EVAPOTRANSPIRAÇÃO. PARA SUPRIR A ESCASSEZ HÍDRICA DA REGIÃO, RECENTEMENTE HOUVE A IMPLANTAÇÃO DO \r\n
      PROJETO DE TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO CUJO OBJETIVO É SANAR A PROBLEMÁTICA DE ABASTECIMENTO \r\n
      PÚBLICO DA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL. O PRESENTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO AVALIAR OS EFEITOS DA \r\n
      TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO NA DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA DE UM \r\n
      RESERVATÓRIO LOCALIZADO NO SEMIÁRIDO PARAIBANO. CAMPANHAS DE COLETA FORAM REALIZADAS NO RESERVATÓRIO \r\n
      EPITÁCIO PESSOA E ACONTECERAM ANTES (FEV/2017) E DEPOIS (JUN/2017) DA CHEGADA DAS ÁGUAS \r\n
      PROVENIENTES DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO. A RIQUEZA E DENSIDADE DA COMUNIDADE \r\n
      ZOOPLANCTÔNICA FOI ESTIMADA E PARA A DETERMINAÇÃO DA DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE FORAM \r\n
      DETERMINADOS PARÂMETROS DE RIQUEZA E UNIFORMIDADE FUNCIONAL A PARTIR DE ATRIBUTOS FUNCIONAIS \r\n
      RELACIONADOS AO NÍVEL TRÓFICO, REPRODUÇÃO E HÁBITO ALIMENTAR DAS ESPÉCIES AMOSTRADAS. EM GERAL, FOI \r\n
      OBSERVADO UM AUMENTO NA RIQUEZA DE ESPÉCIES, DENSIDADE, RIQUEZA FUNCIONAL E DIMINUIÇÃO DA \r\n
      UNIFORMIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE APÓS O EVENTO DE TRANSPOSIÇÃO. ASSIM, NOS SINTETIZAMOS QUE A \r\n
      ESTRUTURA FUNCIONAL DA COMUNIDADE ECOLÓGICA ESTUDADA, ATRAVÉS DAS ANÁLISES DOS SEUS ATRIBUTOS \r\n
      FUNCIONAIS, FUNCIONOU COMO UMA FERRAMENTA CAPAZ DE DETECTAR OS EFEITOS DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO \r\n
      FRANCISCO.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 07: Ciências da Natureza  e suas abordagens"
    "palavra_chave" => "TRANSPOSIÇÃO, RIQUEZA FUNCIONAL, UNIFORMIDADE FUNCIONAL, ZOOPLÂNCTON, ZOOPLÂNCTON"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD1_SA7_ID2059_01082019201809.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LETÍCIA ARAÚJO DA SILVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "LETÍCIA SILVEIRA"
    "autor_email" => "letsilveiraaa@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

A REGIÃO SEMIÁRIDA NORDESTINA É CARACTERIZADA PELA INSTABILIDADE PLUVIOMÉTRICA E ALTOS NÍVEIS DE EVAPOTRANSPIRAÇÃO. PARA SUPRIR A ESCASSEZ HÍDRICA DA REGIÃO, RECENTEMENTE HOUVE A IMPLANTAÇÃO DO PROJETO DE TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO CUJO OBJETIVO É SANAR A PROBLEMÁTICA DE ABASTECIMENTO PÚBLICO DA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL. O PRESENTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO AVALIAR OS EFEITOS DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO NA DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA DE UM RESERVATÓRIO LOCALIZADO NO SEMIÁRIDO PARAIBANO. CAMPANHAS DE COLETA FORAM REALIZADAS NO RESERVATÓRIO EPITÁCIO PESSOA E ACONTECERAM ANTES (FEV/2017) E DEPOIS (JUN/2017) DA CHEGADA DAS ÁGUAS PROVENIENTES DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO. A RIQUEZA E DENSIDADE DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA FOI ESTIMADA E PARA A DETERMINAÇÃO DA DIVERSIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE FORAM DETERMINADOS PARÂMETROS DE RIQUEZA E UNIFORMIDADE FUNCIONAL A PARTIR DE ATRIBUTOS FUNCIONAIS RELACIONADOS AO NÍVEL TRÓFICO, REPRODUÇÃO E HÁBITO ALIMENTAR DAS ESPÉCIES AMOSTRADAS. EM GERAL, FOI OBSERVADO UM AUMENTO NA RIQUEZA DE ESPÉCIES, DENSIDADE, RIQUEZA FUNCIONAL E DIMINUIÇÃO DA UNIFORMIDADE FUNCIONAL DA COMUNIDADE APÓS O EVENTO DE TRANSPOSIÇÃO. ASSIM, NOS SINTETIZAMOS QUE A ESTRUTURA FUNCIONAL DA COMUNIDADE ECOLÓGICA ESTUDADA, ATRAVÉS DAS ANÁLISES DOS SEUS ATRIBUTOS FUNCIONAIS, FUNCIONOU COMO UMA FERRAMENTA CAPAZ DE DETECTAR OS EFEITOS DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.