Artigo Anais ABRALIC Internacional

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

CENDRARS: IDENTIDADE SUBALTERNIZADA, TRADUÇÃO EXCLUDENTE.

"2013-07-12 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1637
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 4572
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 703
    "inscrito_id" => 1100
    "titulo" => "CENDRARS: IDENTIDADE SUBALTERNIZADA, TRADUÇÃO EXCLUDENTE."
    "resumo" => "RESUMOEsse trabalho  busca compreender em meio à luta anti-colonialista o pensamento de Blaise Cendrars, através da análise de seu livro Les Petits Contes Nègres pour Les Enfants des Blancs, escrito em 1928, em Paris. O objetivo é enriquecer o debate contemporâneo sobre o racismo anti-negro, questionando o porquê  do desvio de sentido no título do livro ao ser traduzido, onde o pacto se situa, e em que contexto foi firmado. Enfim, mostrar como Cendrars, um viajante suíço, naturalizado na França conseguiu se embrenhar na negritude, aproveitando as rachaduras do alicerce dos impérios coloniais na década de 1920. Terá  apostado na  sua escrita, como intérprete dos anseios da minoria escravizada, priorizando a educação das crianças, usando os símbolos e valores grupais, destacando o respeito à alteridade e às diferenças, evidenciando civilizações até então desconhecidas ou terá acreditado na força da temática?Palavras-Chave:  Literatura, racismo, colonização, educação e negritude"
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_1100_210683685608f0495cbd64f062c9d293.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:26"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SEVERINO LEPÊ CORREIA"
    "autor_nome_curto" => "LEPÊ CORREIA"
    "autor_email" => "lepecorreia@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 4572
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 703
    "inscrito_id" => 1100
    "titulo" => "CENDRARS: IDENTIDADE SUBALTERNIZADA, TRADUÇÃO EXCLUDENTE."
    "resumo" => "RESUMOEsse trabalho  busca compreender em meio à luta anti-colonialista o pensamento de Blaise Cendrars, através da análise de seu livro Les Petits Contes Nègres pour Les Enfants des Blancs, escrito em 1928, em Paris. O objetivo é enriquecer o debate contemporâneo sobre o racismo anti-negro, questionando o porquê  do desvio de sentido no título do livro ao ser traduzido, onde o pacto se situa, e em que contexto foi firmado. Enfim, mostrar como Cendrars, um viajante suíço, naturalizado na França conseguiu se embrenhar na negritude, aproveitando as rachaduras do alicerce dos impérios coloniais na década de 1920. Terá  apostado na  sua escrita, como intérprete dos anseios da minoria escravizada, priorizando a educação das crianças, usando os símbolos e valores grupais, destacando o respeito à alteridade e às diferenças, evidenciando civilizações até então desconhecidas ou terá acreditado na força da temática?Palavras-Chave:  Literatura, racismo, colonização, educação e negritude"
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_1100_210683685608f0495cbd64f062c9d293.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:26"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SEVERINO LEPÊ CORREIA"
    "autor_nome_curto" => "LEPÊ CORREIA"
    "autor_email" => "lepecorreia@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 12 de julho de 2013

Resumo

RESUMOEsse trabalho busca compreender em meio à luta anti-colonialista o pensamento de Blaise Cendrars, através da análise de seu livro Les Petits Contes Nègres pour Les Enfants des Blancs, escrito em 1928, em Paris. O objetivo é enriquecer o debate contemporâneo sobre o racismo anti-negro, questionando o porquê do desvio de sentido no título do livro ao ser traduzido, onde o pacto se situa, e em que contexto foi firmado. Enfim, mostrar como Cendrars, um viajante suíço, naturalizado na França conseguiu se embrenhar na negritude, aproveitando as rachaduras do alicerce dos impérios coloniais na década de 1920. Terá apostado na sua escrita, como intérprete dos anseios da minoria escravizada, priorizando a educação das crianças, usando os símbolos e valores grupais, destacando o respeito à alteridade e às diferenças, evidenciando civilizações até então desconhecidas ou terá acreditado na força da temática?Palavras-Chave: Literatura, racismo, colonização, educação e negritude

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.