Artigo Anais ABRALIC Internacional

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

FICÇÃO ESPECULATIVA ESCRITA POR MULHERES AFRODESCENDENTES: UMA ANÁLISE DE "GREEDY CHOKE PUPPY", DE NALO HOPKISON

Publicado em 12 de julho de 2013

Resumo

Os gêneros literários que exploram o imaginário humano têm se mostrado ferramentas cada vez mais produtivas para representar e criticar uma realidade em constante mudança. Para abordar obras dessa natureza, cunhou-se o termo “ficção especulativa”, que abarca gêneros como a ficção científica e as literaturas de fantasia, gótica e de horror. O uso desse tipo de ficção por escritoras negras contemporâneas têm se destacado pelas particularidades de sua apropriação criativa para a discussão de questões de sexualidade e raça. Este trabalho discute tal apropriação, usando como exemplo o conto “Greddy Choke Puppy”, da jamaicana-canadense Nalo Hopkinson. Nesse conto, a autora traz elementos do folclore caribenho para a realidade das personagens, apresentando o insólito como uma alternativa para uma vida de repressão. Argumenta-se aqui que ideologias liberais sobre as questões de sexualidade e raça estão refletidas na caracterização do insólito e de figuras sobrenaturais na ficção especulativa escrita por mulheres negras na contemporaneidade. Obras como a de Hopkinson subvertem ideologias tradicionais sobre essas questões e oferecem pontos de vista alternativos sobre elas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.