Artigo Anais XIII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 272
MULHERES DE VANGUARDA: QUESTÕES DE GÊNERO NAS (TELE) ADAPTAÇÕES DE JORGE AMADO

Palavra-chaves: TELEFICÇÃO., JORGE AMADO., NARRATIVAS., REPRESENTAÇÕES DE GÊNERO., REPRESENTAÇÕES DE GÊNERO. Comunicação Oral (CO) GT 03 – Gênero, Sexualidades e Produção audiovisual Publicado em 13 de julho de 2018

Resumo

As produções televisivas Gabriela e Tieta, inspiradas nos romances homônimos de Jorge Amado, são pretextos para um enfoque sobre as representações de gênero (LOURO, 2010a; 2010b), uma vez que os temas tratados nas adaptações são atemporais. À luz de uma Análise de Narrativas (MOTTA, 2013) o texto, derivado de uma pesquisa em curso, busca demonstrar que a ficção amadiana oferece situações expressivas às singularidades das relações de gênero por discutir sociabilidades, posturas sexistas, preconceitos e estereótipos decorrentes da herança de uma historicidade patriarcal. Desse modo, as vivências das protagonistas ilustram dilemas femininos que persistem na sociedade contemporânea.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.