Artigo Anais XIII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

IDENTIDADE DE GÊNERO MASCULINA NO CONTO "MARIA" DE CONCEIÇÃO EVARISTO

Palavra-chaves: IDENTIDADES DE GÊNERO, CONCEIÇÃO EVARISTO, CONTOS Comunicação Oral (CO) GT 06 – Estudos literários, Gênero e Sexualidades
"2018-07-13 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 42137
    "edicao_id" => 89
    "trabalho_id" => 232
    "inscrito_id" => 500
    "titulo" => "IDENTIDADE DE GÊNERO MASCULINA NO CONTO "MARIA" DE CONCEIÇÃO EVARISTO"
    "resumo" => "O objetivo desse trabalho é investigar a representação da sensibilidade masculina no conto “Maria”, de Conceição Evaristo, a partir dos estudos de HALL (2006), BONÁCIO (2012) e BUTLER (2003). Podemos perceber que existe uma crise na identidade masculina pós-moderna, na qual o sujeito descentrado vê-se cercado de diversos referenciais e não se apropria definitivamente de nenhum, deixando-o à deriva. A necessidade de ocultar a sensibilidade dos homens dá origem a uma grande sorte de infortúnios sociais que envolvem violência e relações de poder entre homens e mulheres, na tentativa de diferenciação entre os sexos. No conto em estudo há um olhar, da personagem principal Maria, sobre a sensibilidade do seu ex-companheiro e pai de seu primeiro filho acerca de valores e ideais geralmente atribuídos ao feminino, como família e afeto. A análise do conto se baseará em conceitos de Butler (2003), principalmente na discussão de identidades de gênero. Butler afirma que os discursos sobre gênero acorrem quase sempre a partir da distinção entre “natural e artificial, profundidade e superfície, interno e externo” e que estão relacionados aos vários papéis e funções sociais. Nessa condição dialógica, tendo em mente que os ideais masculinos geralmente estão menos associados à sensibilidade e ao afeto e mais à liberdade, aventura, prazer e realização de desejos, pretendemos analisar as afinidades entre o olhar da personagem Maria e a identidade de gênero da personagem masculina em questão."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 06 – Estudos literários, Gênero e Sexualidades"
    "palavra_chave" => "IDENTIDADES DE GÊNERO, CONCEIÇÃO EVARISTO, CONTOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV112_MD1_SA7_ID500_11052018154123.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:15:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RAÍSSA VALE MIRANDA CAVALCANTE"
    "autor_nome_curto" => "RAÍSSA VALE"
    "autor_email" => "raissavalemc@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xiii-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XIII CONAGES"
    "edicao_evento" => "XIII Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d919238165_19022020165042.png"
    "edicao_capa" => "5e4d91923461c_19022020165042.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 42137
    "edicao_id" => 89
    "trabalho_id" => 232
    "inscrito_id" => 500
    "titulo" => "IDENTIDADE DE GÊNERO MASCULINA NO CONTO "MARIA" DE CONCEIÇÃO EVARISTO"
    "resumo" => "O objetivo desse trabalho é investigar a representação da sensibilidade masculina no conto “Maria”, de Conceição Evaristo, a partir dos estudos de HALL (2006), BONÁCIO (2012) e BUTLER (2003). Podemos perceber que existe uma crise na identidade masculina pós-moderna, na qual o sujeito descentrado vê-se cercado de diversos referenciais e não se apropria definitivamente de nenhum, deixando-o à deriva. A necessidade de ocultar a sensibilidade dos homens dá origem a uma grande sorte de infortúnios sociais que envolvem violência e relações de poder entre homens e mulheres, na tentativa de diferenciação entre os sexos. No conto em estudo há um olhar, da personagem principal Maria, sobre a sensibilidade do seu ex-companheiro e pai de seu primeiro filho acerca de valores e ideais geralmente atribuídos ao feminino, como família e afeto. A análise do conto se baseará em conceitos de Butler (2003), principalmente na discussão de identidades de gênero. Butler afirma que os discursos sobre gênero acorrem quase sempre a partir da distinção entre “natural e artificial, profundidade e superfície, interno e externo” e que estão relacionados aos vários papéis e funções sociais. Nessa condição dialógica, tendo em mente que os ideais masculinos geralmente estão menos associados à sensibilidade e ao afeto e mais à liberdade, aventura, prazer e realização de desejos, pretendemos analisar as afinidades entre o olhar da personagem Maria e a identidade de gênero da personagem masculina em questão."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 06 – Estudos literários, Gênero e Sexualidades"
    "palavra_chave" => "IDENTIDADES DE GÊNERO, CONCEIÇÃO EVARISTO, CONTOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV112_MD1_SA7_ID500_11052018154123.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:15:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RAÍSSA VALE MIRANDA CAVALCANTE"
    "autor_nome_curto" => "RAÍSSA VALE"
    "autor_email" => "raissavalemc@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xiii-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XIII CONAGES"
    "edicao_evento" => "XIII Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d919238165_19022020165042.png"
    "edicao_capa" => "5e4d91923461c_19022020165042.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 13 de julho de 2018

Resumo

O objetivo desse trabalho é investigar a representação da sensibilidade masculina no conto “Maria”, de Conceição Evaristo, a partir dos estudos de HALL (2006), BONÁCIO (2012) e BUTLER (2003). Podemos perceber que existe uma crise na identidade masculina pós-moderna, na qual o sujeito descentrado vê-se cercado de diversos referenciais e não se apropria definitivamente de nenhum, deixando-o à deriva. A necessidade de ocultar a sensibilidade dos homens dá origem a uma grande sorte de infortúnios sociais que envolvem violência e relações de poder entre homens e mulheres, na tentativa de diferenciação entre os sexos. No conto em estudo há um olhar, da personagem principal Maria, sobre a sensibilidade do seu ex-companheiro e pai de seu primeiro filho acerca de valores e ideais geralmente atribuídos ao feminino, como família e afeto. A análise do conto se baseará em conceitos de Butler (2003), principalmente na discussão de identidades de gênero. Butler afirma que os discursos sobre gênero acorrem quase sempre a partir da distinção entre “natural e artificial, profundidade e superfície, interno e externo” e que estão relacionados aos vários papéis e funções sociais. Nessa condição dialógica, tendo em mente que os ideais masculinos geralmente estão menos associados à sensibilidade e ao afeto e mais à liberdade, aventura, prazer e realização de desejos, pretendemos analisar as afinidades entre o olhar da personagem Maria e a identidade de gênero da personagem masculina em questão.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.