Artigo Anais XIII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

APLICAÇÃO DO MODELO CALGARY PARA AVALIAÇÃO DE GESTANTES EM GRUPOS DE MULHERES NO CICLO GRAVÍDICO-PUERPERAL

Palavra-chaves: CICLO GRAVÍDICO- PUERPERAL, MODELO CALGARY, AVALIAÇÃO FAMILIAR, EMPODERAMENTO Pôster (PO) GT 05 – Famílias e parentalidades
"2018-07-13 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 42084
    "edicao_id" => 89
    "trabalho_id" => 180
    "inscrito_id" => 444
    "titulo" => "APLICAÇÃO DO MODELO CALGARY PARA AVALIAÇÃO DE GESTANTES EM GRUPOS DE MULHERES NO CICLO GRAVÍDICO-PUERPERAL"
    "resumo" => "Objetivou-se neste trabalho avaliar gestantes inseridas em um grupo voltado a mulheres no ciclo gravídico-puerperal por meio do Modelo Calgary de Avaliação de Família (MCAF). Este estudo trata-se de um recorte do Trabalho de Conclusão do Curso de Enfermagem da autora. A metodologia foi do tipo descritivo-exploratório no qual participaram gestantes inseridas nos encontros do grupo ISHTAR, localizada na região metropolitana na cidade do Recife-PE. Para a aplicação do Modelo, foi realizada a técnica de entrevista semiestruturada e uso de genograma e ecomapa. Resultados: apenas duas gestantes aceitaram participar da avaliação de suas famílias, onde a mesma foi realizada conforme Modelo Calgary de Avaliação de Família, resultando em duas famílias, sendo uma monoparental, liderada pela mulher, e a outra alargada. O protagonismo feminino foi o objetivo principal do grupo, contudo foi notório perceber a expansão do empoderamento familiar, o que permitiu as mudanças sociais, esse evento aconteceu de forma gradativa, porém, muito significativa, dando base ao compartilhamento. Conclusões: o Modelo Calgary de Avaliação de Família mostrou ser eficaz como uma nova estratégia de avaliação, contribuindo para o planejamento de cuidados e reconhecimento das subcategorias das famílias analisadas.  Uma vez que cada família apresenta suas particularidades, pontos fortes, vínculos afetivos e problemas que compõe os desafios familiares."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 05 – Famílias e parentalidades"
    "palavra_chave" => "CICLO GRAVÍDICO- PUERPERAL, MODELO CALGARY, AVALIAÇÃO FAMILIAR, EMPODERAMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV112_MD4_SA6_ID444_10052018221150.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:15:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "TAIWANA BATISTA BUARQUE LIRA"
    "autor_nome_curto" => "TAIWANA"
    "autor_email" => "taiwanabuarque@yahoo.com."
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xiii-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XIII CONAGES"
    "edicao_evento" => "XIII Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d919238165_19022020165042.png"
    "edicao_capa" => "5e4d91923461c_19022020165042.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 42084
    "edicao_id" => 89
    "trabalho_id" => 180
    "inscrito_id" => 444
    "titulo" => "APLICAÇÃO DO MODELO CALGARY PARA AVALIAÇÃO DE GESTANTES EM GRUPOS DE MULHERES NO CICLO GRAVÍDICO-PUERPERAL"
    "resumo" => "Objetivou-se neste trabalho avaliar gestantes inseridas em um grupo voltado a mulheres no ciclo gravídico-puerperal por meio do Modelo Calgary de Avaliação de Família (MCAF). Este estudo trata-se de um recorte do Trabalho de Conclusão do Curso de Enfermagem da autora. A metodologia foi do tipo descritivo-exploratório no qual participaram gestantes inseridas nos encontros do grupo ISHTAR, localizada na região metropolitana na cidade do Recife-PE. Para a aplicação do Modelo, foi realizada a técnica de entrevista semiestruturada e uso de genograma e ecomapa. Resultados: apenas duas gestantes aceitaram participar da avaliação de suas famílias, onde a mesma foi realizada conforme Modelo Calgary de Avaliação de Família, resultando em duas famílias, sendo uma monoparental, liderada pela mulher, e a outra alargada. O protagonismo feminino foi o objetivo principal do grupo, contudo foi notório perceber a expansão do empoderamento familiar, o que permitiu as mudanças sociais, esse evento aconteceu de forma gradativa, porém, muito significativa, dando base ao compartilhamento. Conclusões: o Modelo Calgary de Avaliação de Família mostrou ser eficaz como uma nova estratégia de avaliação, contribuindo para o planejamento de cuidados e reconhecimento das subcategorias das famílias analisadas.  Uma vez que cada família apresenta suas particularidades, pontos fortes, vínculos afetivos e problemas que compõe os desafios familiares."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 05 – Famílias e parentalidades"
    "palavra_chave" => "CICLO GRAVÍDICO- PUERPERAL, MODELO CALGARY, AVALIAÇÃO FAMILIAR, EMPODERAMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV112_MD4_SA6_ID444_10052018221150.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:15:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "TAIWANA BATISTA BUARQUE LIRA"
    "autor_nome_curto" => "TAIWANA"
    "autor_email" => "taiwanabuarque@yahoo.com."
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xiii-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XIII CONAGES"
    "edicao_evento" => "XIII Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d919238165_19022020165042.png"
    "edicao_capa" => "5e4d91923461c_19022020165042.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 13 de julho de 2018

Resumo

Objetivou-se neste trabalho avaliar gestantes inseridas em um grupo voltado a mulheres no ciclo gravídico-puerperal por meio do Modelo Calgary de Avaliação de Família (MCAF). Este estudo trata-se de um recorte do Trabalho de Conclusão do Curso de Enfermagem da autora. A metodologia foi do tipo descritivo-exploratório no qual participaram gestantes inseridas nos encontros do grupo ISHTAR, localizada na região metropolitana na cidade do Recife-PE. Para a aplicação do Modelo, foi realizada a técnica de entrevista semiestruturada e uso de genograma e ecomapa. Resultados: apenas duas gestantes aceitaram participar da avaliação de suas famílias, onde a mesma foi realizada conforme Modelo Calgary de Avaliação de Família, resultando em duas famílias, sendo uma monoparental, liderada pela mulher, e a outra alargada. O protagonismo feminino foi o objetivo principal do grupo, contudo foi notório perceber a expansão do empoderamento familiar, o que permitiu as mudanças sociais, esse evento aconteceu de forma gradativa, porém, muito significativa, dando base ao compartilhamento. Conclusões: o Modelo Calgary de Avaliação de Família mostrou ser eficaz como uma nova estratégia de avaliação, contribuindo para o planejamento de cuidados e reconhecimento das subcategorias das famílias analisadas. Uma vez que cada família apresenta suas particularidades, pontos fortes, vínculos afetivos e problemas que compõe os desafios familiares.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.