Artigo Anais ABRALIC Internacional

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

A ARCA DE ANTÔNIO, VINICIUS E NOÉ: UMA POSSÍVEL ABORDAGEM NA SALA DE AULA

"2013-07-12 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 4191
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 1110
    "inscrito_id" => 1126
    "titulo" => "A ARCA DE ANTÔNIO, VINICIUS E NOÉ: UMA POSSÍVEL ABORDAGEM NA SALA DE AULA"
    "resumo" => "Os estudos voltados para uma abordagem comparativa buscam, entre outras coisas, levar a perceber as leituras intertextuais que possam estar presentes em dois ou mais textos, bem como a buscar semelhanças e diferenças existentes neles, à percepção do dialogismo presente entre ambos os textos, mesmo sendo produzidos em épocas diferentes ou, ainda, lugares distantes. O presente trabalho propõe uma leitura dos poemas A Arca de Noé, do cordelista Antônio Francisco e A Arca de Noé, de Vinicius de Moraes, através de uma abordagem comparativa. Investiga-se como os poetas abordam a narrativa bíblica da salvação de seres do grande Dilúvio, retomando-a em um contexto atual através da poesia. A abordagem escolhida ancora-se nos estudos comparados, uma vez que retoma o texto bíblico para cotejar o nível de invenção acionado pelo poeta.  Além disso, faz parte do objetivo apontar uma possível abordagem metodológica para a sala de aula, do primeiro ano do ensino médio, tendo como pressupostos o trabalho intertextual e reflexivo existente nos textos literários já citados.  Para tanto, o estudo fundamenta-se, principalmente, nas considerações de Márcia Abreu (2006), no que tange o desenvolvimento do folheto em território brasileiro e suas especificidades que o diferem do cordel português; Tânia Carvalhal (2004), no que aponta a linguagem poética como um possível meio de estudo intertextual e nos documentos parametrizadores do ensino médio – OCM e Referenciais Curriculares da Paraíba. Entre os resultados, podemos destacar a mudança de espaço entre as narrativas presentes no livro sagrado e nos poemas dos autores contemporâneos, o uso de uma linguagem que se aproxima da oralidade no poema do cordelista, bem como a função educativa, que difere do discurso moralizador da narrativa bíblica."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_1126_230175fba164470991c9a13133863119.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ARINÉLIO LACERDA DOS SANTOS JÚNIOR"
    "autor_nome_curto" => "ARINÉLIO LACERDA"
    "autor_email" => "arineliolacerda@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 4191
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 1110
    "inscrito_id" => 1126
    "titulo" => "A ARCA DE ANTÔNIO, VINICIUS E NOÉ: UMA POSSÍVEL ABORDAGEM NA SALA DE AULA"
    "resumo" => "Os estudos voltados para uma abordagem comparativa buscam, entre outras coisas, levar a perceber as leituras intertextuais que possam estar presentes em dois ou mais textos, bem como a buscar semelhanças e diferenças existentes neles, à percepção do dialogismo presente entre ambos os textos, mesmo sendo produzidos em épocas diferentes ou, ainda, lugares distantes. O presente trabalho propõe uma leitura dos poemas A Arca de Noé, do cordelista Antônio Francisco e A Arca de Noé, de Vinicius de Moraes, através de uma abordagem comparativa. Investiga-se como os poetas abordam a narrativa bíblica da salvação de seres do grande Dilúvio, retomando-a em um contexto atual através da poesia. A abordagem escolhida ancora-se nos estudos comparados, uma vez que retoma o texto bíblico para cotejar o nível de invenção acionado pelo poeta.  Além disso, faz parte do objetivo apontar uma possível abordagem metodológica para a sala de aula, do primeiro ano do ensino médio, tendo como pressupostos o trabalho intertextual e reflexivo existente nos textos literários já citados.  Para tanto, o estudo fundamenta-se, principalmente, nas considerações de Márcia Abreu (2006), no que tange o desenvolvimento do folheto em território brasileiro e suas especificidades que o diferem do cordel português; Tânia Carvalhal (2004), no que aponta a linguagem poética como um possível meio de estudo intertextual e nos documentos parametrizadores do ensino médio – OCM e Referenciais Curriculares da Paraíba. Entre os resultados, podemos destacar a mudança de espaço entre as narrativas presentes no livro sagrado e nos poemas dos autores contemporâneos, o uso de uma linguagem que se aproxima da oralidade no poema do cordelista, bem como a função educativa, que difere do discurso moralizador da narrativa bíblica."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_1126_230175fba164470991c9a13133863119.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ARINÉLIO LACERDA DOS SANTOS JÚNIOR"
    "autor_nome_curto" => "ARINÉLIO LACERDA"
    "autor_email" => "arineliolacerda@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 12 de julho de 2013

Resumo

Os estudos voltados para uma abordagem comparativa buscam, entre outras coisas, levar a perceber as leituras intertextuais que possam estar presentes em dois ou mais textos, bem como a buscar semelhanças e diferenças existentes neles, à percepção do dialogismo presente entre ambos os textos, mesmo sendo produzidos em épocas diferentes ou, ainda, lugares distantes. O presente trabalho propõe uma leitura dos poemas A Arca de Noé, do cordelista Antônio Francisco e A Arca de Noé, de Vinicius de Moraes, através de uma abordagem comparativa. Investiga-se como os poetas abordam a narrativa bíblica da salvação de seres do grande Dilúvio, retomando-a em um contexto atual através da poesia. A abordagem escolhida ancora-se nos estudos comparados, uma vez que retoma o texto bíblico para cotejar o nível de invenção acionado pelo poeta. Além disso, faz parte do objetivo apontar uma possível abordagem metodológica para a sala de aula, do primeiro ano do ensino médio, tendo como pressupostos o trabalho intertextual e reflexivo existente nos textos literários já citados. Para tanto, o estudo fundamenta-se, principalmente, nas considerações de Márcia Abreu (2006), no que tange o desenvolvimento do folheto em território brasileiro e suas especificidades que o diferem do cordel português; Tânia Carvalhal (2004), no que aponta a linguagem poética como um possível meio de estudo intertextual e nos documentos parametrizadores do ensino médio – OCM e Referenciais Curriculares da Paraíba. Entre os resultados, podemos destacar a mudança de espaço entre as narrativas presentes no livro sagrado e nos poemas dos autores contemporâneos, o uso de uma linguagem que se aproxima da oralidade no poema do cordelista, bem como a função educativa, que difere do discurso moralizador da narrativa bíblica.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.