Artigo Anais ABRALIC Internacional

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

OS SOLTEIRÕES: DENTRO OU FORA DO ARMÁRIO?

Publicado em 12 de julho de 2013

Resumo

A discussão apresentada por Eve Sedgwick (2007) em “Epistemologia do armário” acende o debate acerca do “armário”, lugar em que muitos sujeitos são levados a entrar e/ou sair, além fazer-nos (re)pensar os limites do público e do privado nas relações entre pessoas de sexo igual. O nosso objetivo, através da leitura da obra Os Solteirões (1975), de Gasparino Damata, é: a) problematizar a categoria “armário”, considerando os limites entre estar/ permanecer/ sair deste lugar de personagens homoeroticamente inclinados; b) trazer à baila a discussão das masculinidades múltiplas. Teoricamente, esse estudo faz uso das contribuições da teórica citada, além dos posicionamentos de Elizabeth Badinter (1993), Sócrates Nolasco (1993, 1997), Jonathan Katz (1996), dentre outros. A análise empreendida nos permitiu perceber que a metáfora do “armário” está relacionada à imposição de grupos hegemônicos sobre o que é ser ou não sujeito sexual e de gênero, distanciando-se da possibilidade dos sujeitos gays assumirem-se sujeitos de si no que tange às relações de gênero, sexualidade e subjetividade consideradas pelo grupo majoritário como abjetas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.