Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 295
SIMULAÇÃO REALÍSTA DA AVALIAÇÃO PRÁTICA DE HISTOLOGIA COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO APRENDIZAGEM

Palavra-chaves: HISTOLOGIA, ENSINO, SIMULAÇÃO Pôster (PO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O ensino baseado em simulação tem sido cada vez mais utilizado na educação por atuar como uma modalidade didática, aperfeiçoando a relação de ensino-aprendizagem. Este estudo teve como objetivo minimizar as dificuldades dos alunos para a prova prática de Histologia, facilitando seu processo de ensino aprendizagem. Refere-se a um estudo descritivo, relatando a vivência de 63 graduandos das turmas de Farmácia e Nutrição da UFCG/CES, Campus Cuité-PB, após a inserção de um simulado aplicado antes da prova prática de histologia. A coleta de dados foi realizada pela comparação do desempenho dos alunos no simulado e na prova prática, bem como por meio da aplicação de um questionário estruturado com os graduandos após a realização da prova prática. O simulado apresentava questões diferentes da prova, contudo teve a mesma dinâmica com relação à disposição das lâminas histológicas e tempo para execução. Durante a realização da prova prática os alunos se apresentaram mais tranquilos e confiantes em comparação a aplicação do simulado, essa percepção foi confirmada nas notas, visto que a média do simulado da turma da Nutrição foi 4,2 e na prova passou para 6,2, e na turma da Farmácia a média do simulado foi 6,1 e na prova prática a média foi 7,7. Essa melhora evidenciada no comportamento e nas notas quantitativas dos estudantes, também está associada aos resultados da percepção dos alunos obtidas no questionário. Considerando que, 95% dos estudantes afirmaram que o simulado os ajudaram positivamente na aprendizagem e na prova prática, e 97% recomendariam essa estratégia de ensino para outras disciplinas. A simulado contribuiu como um fator motivador para os alunos, ao auxiliar no conteúdo, na superação das suas dificuldade e no controle do seu estresse emocional, dessa forma buscou melhor prepará-los para o instrumento de avaliação prática. Diante dos resultados apresentados, evidencia-se que o simulado atuou positivamente na aprendizagem dos alunos, além de proporcionar tranquilidade e confiança aos mesmos. Portanto, essa estratégia de ensino apresentou boa aceitação pelos discentes, atuando como ferramenta complementar no processo de ensino-aprendizagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.