Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 216
O PROFESSOR LEITOR E SUA FORMAÇÃO: UM OLHAR SOBRE O CURSO DE PEDAGOGIA

Palavra-chaves: LEITURA, PROFESSOR LEITOR, PRÁTICA PEDAGÓGICA Comunicação Oral(CO) GT 15 - O ENSINO E À APRENDIZAGEM DA LEITURA, DA ESCRITA E DA ANÁLISE LINGUÍSTICA EM LÍNGUA MATERNA Publicado em 26 de junho de 2013

Resumo

Partindo da premissa de que a leitura é prática essencial à vida em sociedade e meio fundamental de acesso à cultura e aos conhecimentos produzidos e acumulados pela humanidade, é que percebemos o quanto é necessário refletir sobre a formação do professor leitor, uma vez que é ele quem fará a mediação entre o conhecimento e o aluno. Nesse viés, o presente trabalho tem como objetivo refletir acerca da formação do professor leitor e a contribuição desta na práxis pedagógica. A metodologia utilizada compreendeu a revisão teórico-bibliográfica acompanhado de pesquisa de caráter exploratório descritiva, pois, se trata de um trabalho investigativo com aplicação de questionários. Tomamos como base teórica autores como Brzezinski (2002), Cosson (2007), Colomer (2002), Freire (1996), Imbernón (2006), Jouve (2002), Kleiman (2008), Kramer (2002), Lajolo (2004), Larossa (2003), Linhares (2006), Martins (2007), Silva (1996), Silva (2009), Vilardi (1999), os quais forneceram elementos para a construção dos conceitos de leitura e formação do professor leitor. Como resultados, verificamos que a criança precisa ser incentivada desde cedo a gostar de ler, assim, os cursos de formação devem também incentivar à prática de leitura, pois é através dela que podemos nos emancipar enquanto sujeito, nos construindo e transformando o nosso meio. Do que se conclui que, para formar um aluno leitor é preciso antes o professor leitor e pensar na sua formação permanente, incentivando-o também a ler.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.