Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

PROCESSO DE FORMAÇÃO DE MÚSICOS DA NOITE: UMA REVISÃO DA LITERATURA À LUZ DA PRAXIOLOGIA DE PIERRE BOURDIEU

Palavra-chaves: HABITUS, FORMAÇÃO MUSICAL, ENSINO NÃO FORMAL, ENSINO INFORMAL Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas interseções
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 38342
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1753
    "inscrito_id" => 7088
    "titulo" => "PROCESSO DE FORMAÇÃO DE MÚSICOS DA NOITE: UMA REVISÃO DA LITERATURA À LUZ DA PRAXIOLOGIA DE PIERRE BOURDIEU"
    "resumo" => "Este trabalho tem como objetivo demonstrar uma análise da revisão bibliográfica de estudos que abordam o processo de formação de músicos à luz da praxiologia de Pierre Bourdieu, tendo os conceitos de habitus, capital cultural e campo como centrais de suas temáticas. O levantamento faz parte de pesquisa de dissertação de mestrado sobre a trajetória de um grupo de músicos da noite de Fortaleza, capital do Ceará, considerando o recorte temporal de 1995 a 2003 - período este delimitado a partir da atividade dos profissionais no mercado da cidade e do lançamento dos discos O Som da Noite Volume 1 e O Som da Noite Volume 2. A partir deste levantamento, foi possível inserir a pesquisa da dissertação em um contexto de estudos sobre a formação musical e destacar a relevância da inclusão, neste contexto, da temática de músicos da noite que alcançam sua legitimação no campo musical através do aprendizado vindo de processos de ensino não formal e informal. Além disso, ele pretende contribuir para dar mais visibilidade ao esforço de documentação da trajetória de personagens da música cearense que está sendo feito no eixo Ensino de Música da Faculdade de Educação (Faced), da Universidade Federal do Ceará (UFC). A busca, realizada no Banco de Teses e Dissertações da Capes, no site Periódicos Capes e no Google Acadêmico, encontrou 11 trabalhos, foram que divididos de acordo com as seguintes categorias de abordagens: uma falando sobre o processo de formação musical de educadores e outra sobre a formação de músicos. Dentro da segunda categoria, da trajetória formativa de músicos, foram definidos dois grupos principais. O primeiro é dos que falam sobre os profissionais que atuam diretamente na noite ou como músicos chamados populares, ou seja, aqueles que não têm formação erudita e que, na maioria dos casos, dentro do escopo levantado, sobrevivem do seu ofício de músico para tocar em bares e eventos atuando como profissionais quase anônimos. O segundo grupo é composto de trabalhos que abordam o processo formativo de artistas que se consolidaram através de instâncias de consagração como discos, shows, execução em rádios e respaldo na mídia."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 17 – Ensino e suas interseções"
    "palavra_chave" => "HABITUS, FORMAÇÃO MUSICAL, ENSINO NÃO FORMAL, ENSINO INFORMAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA8_ID7088_11092017110544.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SILVIO MAURO M MONTEIRO"
    "autor_nome_curto" => "SILVIO MAURO"
    "autor_email" => "silviomauro1969@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ (UFC)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 38342
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1753
    "inscrito_id" => 7088
    "titulo" => "PROCESSO DE FORMAÇÃO DE MÚSICOS DA NOITE: UMA REVISÃO DA LITERATURA À LUZ DA PRAXIOLOGIA DE PIERRE BOURDIEU"
    "resumo" => "Este trabalho tem como objetivo demonstrar uma análise da revisão bibliográfica de estudos que abordam o processo de formação de músicos à luz da praxiologia de Pierre Bourdieu, tendo os conceitos de habitus, capital cultural e campo como centrais de suas temáticas. O levantamento faz parte de pesquisa de dissertação de mestrado sobre a trajetória de um grupo de músicos da noite de Fortaleza, capital do Ceará, considerando o recorte temporal de 1995 a 2003 - período este delimitado a partir da atividade dos profissionais no mercado da cidade e do lançamento dos discos O Som da Noite Volume 1 e O Som da Noite Volume 2. A partir deste levantamento, foi possível inserir a pesquisa da dissertação em um contexto de estudos sobre a formação musical e destacar a relevância da inclusão, neste contexto, da temática de músicos da noite que alcançam sua legitimação no campo musical através do aprendizado vindo de processos de ensino não formal e informal. Além disso, ele pretende contribuir para dar mais visibilidade ao esforço de documentação da trajetória de personagens da música cearense que está sendo feito no eixo Ensino de Música da Faculdade de Educação (Faced), da Universidade Federal do Ceará (UFC). A busca, realizada no Banco de Teses e Dissertações da Capes, no site Periódicos Capes e no Google Acadêmico, encontrou 11 trabalhos, foram que divididos de acordo com as seguintes categorias de abordagens: uma falando sobre o processo de formação musical de educadores e outra sobre a formação de músicos. Dentro da segunda categoria, da trajetória formativa de músicos, foram definidos dois grupos principais. O primeiro é dos que falam sobre os profissionais que atuam diretamente na noite ou como músicos chamados populares, ou seja, aqueles que não têm formação erudita e que, na maioria dos casos, dentro do escopo levantado, sobrevivem do seu ofício de músico para tocar em bares e eventos atuando como profissionais quase anônimos. O segundo grupo é composto de trabalhos que abordam o processo formativo de artistas que se consolidaram através de instâncias de consagração como discos, shows, execução em rádios e respaldo na mídia."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 17 – Ensino e suas interseções"
    "palavra_chave" => "HABITUS, FORMAÇÃO MUSICAL, ENSINO NÃO FORMAL, ENSINO INFORMAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA8_ID7088_11092017110544.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SILVIO MAURO M MONTEIRO"
    "autor_nome_curto" => "SILVIO MAURO"
    "autor_email" => "silviomauro1969@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ (UFC)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

Este trabalho tem como objetivo demonstrar uma análise da revisão bibliográfica de estudos que abordam o processo de formação de músicos à luz da praxiologia de Pierre Bourdieu, tendo os conceitos de habitus, capital cultural e campo como centrais de suas temáticas. O levantamento faz parte de pesquisa de dissertação de mestrado sobre a trajetória de um grupo de músicos da noite de Fortaleza, capital do Ceará, considerando o recorte temporal de 1995 a 2003 - período este delimitado a partir da atividade dos profissionais no mercado da cidade e do lançamento dos discos O Som da Noite Volume 1 e O Som da Noite Volume 2. A partir deste levantamento, foi possível inserir a pesquisa da dissertação em um contexto de estudos sobre a formação musical e destacar a relevância da inclusão, neste contexto, da temática de músicos da noite que alcançam sua legitimação no campo musical através do aprendizado vindo de processos de ensino não formal e informal. Além disso, ele pretende contribuir para dar mais visibilidade ao esforço de documentação da trajetória de personagens da música cearense que está sendo feito no eixo Ensino de Música da Faculdade de Educação (Faced), da Universidade Federal do Ceará (UFC). A busca, realizada no Banco de Teses e Dissertações da Capes, no site Periódicos Capes e no Google Acadêmico, encontrou 11 trabalhos, foram que divididos de acordo com as seguintes categorias de abordagens: uma falando sobre o processo de formação musical de educadores e outra sobre a formação de músicos. Dentro da segunda categoria, da trajetória formativa de músicos, foram definidos dois grupos principais. O primeiro é dos que falam sobre os profissionais que atuam diretamente na noite ou como músicos chamados populares, ou seja, aqueles que não têm formação erudita e que, na maioria dos casos, dentro do escopo levantado, sobrevivem do seu ofício de músico para tocar em bares e eventos atuando como profissionais quase anônimos. O segundo grupo é composto de trabalhos que abordam o processo formativo de artistas que se consolidaram através de instâncias de consagração como discos, shows, execução em rádios e respaldo na mídia.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.