Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 167
AS MULHERES CATÓLICAS JUCISTAS NO BRASIL DOS ANOS 60

Palavra-chaves: MULHERES CATÓLICAS, IDENTIDADES, LUTA Comunicação Oral(CO) GT 14 - HISTÓRIA E MEMÓRIA DA EDUCAÇÃO DAS MULHERES

Resumo

RESUMOO trabalho é recorte de pesquisa sobre a história das mulheres católicas que atuaram no movimento jucista entre o clima de Totalitarismo e de construção da Democracia brasileira, com olhar voltado para sua trajetória, ideário e práxis de luta que definiram a participação do grupo nos anos 60 no Brasil. A abordagem é fenomenológica com aplicação do método de estudo histórico, empírico e qualitativo. A pesquisa mostra como esse grupo de mulheres atuou como expressivo movimento de juventude ao lado da Juventude Universitária Católica/JUC e suas congêneres com ações entre a militância sociorreligiosa concebida no contexto de renovação da Igreja − o da Neocristandade e da Universidade que lhes conferiu identidade(s) de luta nos movimentos sociais, uma marca na história desses anos. Essa dinâmica possibilitou às mulheres católicas, luta e práxis defensora em prol das injustiças sociais, quando após o Golpe de 1964 as mulheres católicas protegeram jovens militantes acareados e ao mesmo tempo perseguidos, lutando a favor dos Direitos Humanos no país. Palavras-chave: Mulheres Católicas; Luta; Ideário; Identidades.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.