Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

PLURALIDADE E DIVERSIDADE: DIFERENÇAS E ESPECIFICIDADES CULTURAIS DOS AFRODESCENDENTES NO ESPAÇO ESCOLAR

Palavra-chaves: AFRODESCENDENTE, CULTURA, DIVERSIDADE, ESCOLA Comunicação Oral (CO) GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 38239
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 3719
    "inscrito_id" => 4323
    "titulo" => "PLURALIDADE E DIVERSIDADE: DIFERENÇAS E ESPECIFICIDADES CULTURAIS DOS AFRODESCENDENTES NO ESPAÇO ESCOLAR"
    "resumo" => "Esta pesquisa germinou do nosso convívio com os afrodescendentes no espaço escolar. O objetivo da mesma é realizar uma averiguação de como os educadores estão fazendo para resgatar a valorização da cultura afro-brasileira nas instituições de ensino. Sabemos que na escola também acontece situações desafiadoras e às vezes preocupantes, quando se fala em diversidade cultural. Recebemos no mesmo recinto alunos de diversas camadas sociais e com diversos costumes, portanto, quando enfrentamos no cotidiano tais acontecimentos, existe a necessidade de trabalharmos as práticas que viabilizem a melhor maneira de incluir todos no mesmo contexto, respeitando assim as diferenças. Acreditamos que é na escola que o cidadão adquire conhecimentos quando precisa ser inserido também na sociedade. Durante a realização do trabalho, foi possível levantarmos dados e adentrarmos em leituras que retratam o assunto em pauta. Percebemos que através das leituras, a cultura afro-brasileira foi muito significativa para o nosso país. A referida pesquisa iniciou-se a partir de um trabalho de campo, onde nos deu a oportunidade de entrevistarmos os educadores de uma escola municipal, enfatizando o assunto, do qual nos interessou. A referida pesquisa é de caráter social e científico, foi elaborada com base na busca da situação problema, mencionamos assim a questão de partida que nos dará condições para dirigirmos ao estudo almejado: Como os educadores estão fazendo e observando para que os educandos se sintam todos iguais no espaço escolar? A mesma, também aborda subsídio referente à Lei 10.639/03, de forma que aponta a relevância do estudo da cultura afro no currículo escolar. O estudo foi pautado em uma pesquisa de abordagem qualitativa, e quanto aos objetivos, obedeceu ao caráter descritivo. Acreditamos que as discussões, envolvimento e realizações, venham trazer à sociedade uma contribuição, tanto social como cultural. Portanto, poderá abrir caminhos, norteando assim um grande favorecimento para uma sociedade onde todos valorizem e respeitem as diferenças, dando espaço à diversidade cultural."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais"
    "palavra_chave" => "AFRODESCENDENTE, CULTURA, DIVERSIDADE, ESCOLA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA6_ID4323_15102017192852.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA JOSÉ MARTINS DE QUEIROZ SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "MARIA"
    "autor_email" => "maria.martins.queiroz@hot"
    "autor_ies" => "0000"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 38239
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 3719
    "inscrito_id" => 4323
    "titulo" => "PLURALIDADE E DIVERSIDADE: DIFERENÇAS E ESPECIFICIDADES CULTURAIS DOS AFRODESCENDENTES NO ESPAÇO ESCOLAR"
    "resumo" => "Esta pesquisa germinou do nosso convívio com os afrodescendentes no espaço escolar. O objetivo da mesma é realizar uma averiguação de como os educadores estão fazendo para resgatar a valorização da cultura afro-brasileira nas instituições de ensino. Sabemos que na escola também acontece situações desafiadoras e às vezes preocupantes, quando se fala em diversidade cultural. Recebemos no mesmo recinto alunos de diversas camadas sociais e com diversos costumes, portanto, quando enfrentamos no cotidiano tais acontecimentos, existe a necessidade de trabalharmos as práticas que viabilizem a melhor maneira de incluir todos no mesmo contexto, respeitando assim as diferenças. Acreditamos que é na escola que o cidadão adquire conhecimentos quando precisa ser inserido também na sociedade. Durante a realização do trabalho, foi possível levantarmos dados e adentrarmos em leituras que retratam o assunto em pauta. Percebemos que através das leituras, a cultura afro-brasileira foi muito significativa para o nosso país. A referida pesquisa iniciou-se a partir de um trabalho de campo, onde nos deu a oportunidade de entrevistarmos os educadores de uma escola municipal, enfatizando o assunto, do qual nos interessou. A referida pesquisa é de caráter social e científico, foi elaborada com base na busca da situação problema, mencionamos assim a questão de partida que nos dará condições para dirigirmos ao estudo almejado: Como os educadores estão fazendo e observando para que os educandos se sintam todos iguais no espaço escolar? A mesma, também aborda subsídio referente à Lei 10.639/03, de forma que aponta a relevância do estudo da cultura afro no currículo escolar. O estudo foi pautado em uma pesquisa de abordagem qualitativa, e quanto aos objetivos, obedeceu ao caráter descritivo. Acreditamos que as discussões, envolvimento e realizações, venham trazer à sociedade uma contribuição, tanto social como cultural. Portanto, poderá abrir caminhos, norteando assim um grande favorecimento para uma sociedade onde todos valorizem e respeitem as diferenças, dando espaço à diversidade cultural."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais"
    "palavra_chave" => "AFRODESCENDENTE, CULTURA, DIVERSIDADE, ESCOLA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA6_ID4323_15102017192852.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA JOSÉ MARTINS DE QUEIROZ SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "MARIA"
    "autor_email" => "maria.martins.queiroz@hot"
    "autor_ies" => "0000"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

Esta pesquisa germinou do nosso convívio com os afrodescendentes no espaço escolar. O objetivo da mesma é realizar uma averiguação de como os educadores estão fazendo para resgatar a valorização da cultura afro-brasileira nas instituições de ensino. Sabemos que na escola também acontece situações desafiadoras e às vezes preocupantes, quando se fala em diversidade cultural. Recebemos no mesmo recinto alunos de diversas camadas sociais e com diversos costumes, portanto, quando enfrentamos no cotidiano tais acontecimentos, existe a necessidade de trabalharmos as práticas que viabilizem a melhor maneira de incluir todos no mesmo contexto, respeitando assim as diferenças. Acreditamos que é na escola que o cidadão adquire conhecimentos quando precisa ser inserido também na sociedade. Durante a realização do trabalho, foi possível levantarmos dados e adentrarmos em leituras que retratam o assunto em pauta. Percebemos que através das leituras, a cultura afro-brasileira foi muito significativa para o nosso país. A referida pesquisa iniciou-se a partir de um trabalho de campo, onde nos deu a oportunidade de entrevistarmos os educadores de uma escola municipal, enfatizando o assunto, do qual nos interessou. A referida pesquisa é de caráter social e científico, foi elaborada com base na busca da situação problema, mencionamos assim a questão de partida que nos dará condições para dirigirmos ao estudo almejado: Como os educadores estão fazendo e observando para que os educandos se sintam todos iguais no espaço escolar? A mesma, também aborda subsídio referente à Lei 10.639/03, de forma que aponta a relevância do estudo da cultura afro no currículo escolar. O estudo foi pautado em uma pesquisa de abordagem qualitativa, e quanto aos objetivos, obedeceu ao caráter descritivo. Acreditamos que as discussões, envolvimento e realizações, venham trazer à sociedade uma contribuição, tanto social como cultural. Portanto, poderá abrir caminhos, norteando assim um grande favorecimento para uma sociedade onde todos valorizem e respeitem as diferenças, dando espaço à diversidade cultural.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.