Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 270
PERCEPÇÕES DE LICENCIANDOS DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE ITAPIPOCA ACERCA DA FLORA DA CAATINGA

Palavra-chaves: SEMIÁRIDO, REGIÃO NORDESTE, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, COLETA E HERBORIZAÇÃO Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas interseções Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

A Caatinga é o tipo vegetacional predominante na região semiárida do nordeste brasileiro, por cobrir cerca de 70% da região Nordeste e 11% do território nacional. Além disso, ela é exclusiva do ponto de vista florístico por possuir elevados índices de riqueza e endemismo de espécies. Entretanto apenas 1% é protegido por Unidades de Conservação e por muito tempo foi largamente divulgada uma falsa imagem de que essa vegetação era pobre em diversidade e endemismo. Considerando a relevância desse tipo vegetacional buscou-se no presente trabalho analisar as percepções dos licenciados da Faculdade de Educação de Itapipoca, Campus da Universidade Estadual do Ceará acerca da flora local, antes e depois de terem participado de um minicurso sobre coleta, identificação e herborização da flora da Caatinga. Trata-se de um estudo de caráter qualitativo, que teve o questionário como instrumento utilizado na coleta de dados. A partir das análises dos questionários respondidos por 16 participantes, foi registrada uma ampliação de conhecimentos sobre a Caatinga, que foi expresso nas percepções de riqueza de espécies e na necessidade de conservação desse ecossistema. Ficou evidente no pós teste um aumento significativo de exemplos de plantas. O desenvolvimento da formação por meio da coleta e herborização de material botânico contribuiu para uma aproximação dos alunos com a flora local. Além disso, os licenciandos tiveram acesso a conhecimentos sobre a flora, tendo sido dado destaque a algumas espécies pertencentes à família Cactaceae e a outras espécies da região pertencente a diferentes grupos funcionais incluindo espécies decíduas e sempreverdes e, enfatizando também as potencialidades desses recursos vegetais. Deste modo, conclui-se que conhecer a biodiversidade da Caatinga torna-se extremamente relevante, pois trata-se de um ambiente rico em biodiversidade e que na maioria das vezes é visto de forma preconceituosa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.