Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 194
O POLY COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DO POLIEDROS DE PLATÃO

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, POLIEDROS DE PLATÃO, POLY Comunicação Oral (CO) GT 13 - Educação Matemática

Resumo

Este relato de experiência discuti como o software poly auxiliou no processo de ensino e aprendizagem dos poliedros de Platão em uma turma de alunos do 6º ano do ensino fundamental de uma escola pública municipal situada na zona da mata norte do estado de Pernambuco. Nos apoiamos nas ideias de Silverstone (2005), Moran (2006), Fanti et al.(2007) ao ressaltarem a relevância do uso das tecnologias como recursos pedagógicos para o processo de ensino e aprendizagem da educação matemática. A metodologia foi realizada em três momentos, são eles: explicação do conteúdo poliedros de Platão sem o auxílio do software, em seguida, familiarização das ferramentas do software poly, e, por fim, aplicação de uma atividade contemplando duas questões para serem resolvidas por intermédio do poly. Ao término, discussão e socialização dos resultados da atividade. Nosso intuito foi apontar algumas estratégias usadas pelos alunos para resolver a atividade, desse modo, expomos por meio de nossos resultados seus procedimentos. Com base em nossas análises, verificamos que, os alunos não sentiram obstáculos para manipulação do poly, assim como, na resolução das duas questões que eram realizadas por meio do software. Além disso, os resultados constataram que os alunos acharam pertinente o uso do software para o ensino e aprendizagem dos poliedros de Platão, pois o poly possibilita uma maior visualização dos elementos que os constituem, isto é, das faces, arestas e vértices. Na busca de identificar a tipologia que constitui os poliedros os alunos realizaram o método da planificação, mediada pelo poly, ressaltaram que compreenderam o significado da denominação de poliedro de Platão ou poliedro Regular. Portanto, nossos objetivos foram alcançados, e com isto, verificamos a relevância dos recursos tecnológicos aplicados nas aulas da geometria espacial, uma vez que, para o professor diversificar sua metodologia pode propiciar aulas mais lúdicas proporcionando um ensino e aprendizagem de forma dinâmica e prazerosa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.