Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 257
ENSAIOS DE COMPREENSÃO ACERCA DA RELAÇÃO CAPITALISMO- ESTADO-EDUCAÇÃO: OS APORTES TEÓRICO-CONCEITUAIS E HISTÓRICOS

Palavra-chaves: CAPITALISMO, ESTADO, EDUCAÇÃO Comunicação Oral(CO) GT 16 - POLÍTICAS PÚBLICAS EM EDUCAÇÃO, AÇÕES AFIRMATIVAS E MUDANÇAS SOCIAIS Publicado em 26 de junho de 2013

Resumo

O presente trabalho aborda a relação entre: capitalismo, Estado e educação, à luz de uma análise crítica, destacando, na primeira parte, os elementos conceituais e, na segunda, os elementos históricos. Iniciamos nossos ensaios de compreensão situando o surgimento do Estado a partir do aparecimento da propriedade privada e, como consequência desta, a instituição dos antagonismos de classes. Passamos à segunda fase de desenvolvimento do capitalismo, a chamada fase monopolista e, com ela, ao Estado intervencionista ou do Bem-Estar Social e ao Estado neoliberal, estabelecendo uma relação com a educação. Resultamos que como indivíduos participantes da educação, precisamos entender o funcionamento da sociedade. Percebemos as nuances da relação sociedade, Estado e educação. Assim, compreendemos que a educação constitui uma forma de dominação ideológica para que a maioria da sociedade torne-se submissa aos interesses da classe dominante, sem deixarmos de enxergar as contradições que envolvem esse complexo de relações.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.