Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 271
JOGOS PEDAGÓGICOS: A CONSTRUÇÃO DO SABER NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Palavra-chaves: JOGOS, EDUCAÇÃO, INFANTIL Pôster (PO) GT 09 - Educação Infantil Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Esta pesquisa parte da concepção de que os jogos na Educação Infantil são essenciais para o desenvolvimento do processo de Ensino e Aprendizagem. Ele é um instrumento eficaz e, se planejado adequadamente, contribui para o processo de aprendizagem da criança, já que desde cedo os jogos e brincadeiras fazem parte da vida delas. Por meio dessas ferramentas, a criança vê e constrói o mundo. É essencial que professores resgatem as atividades lúdicas, na Educação Infantil, de modo que esse processo de ensino desperte a vontade para o ato de aprender. O tema abordado se deu pelo fato de acreditar que o uso de jogos didáticos no processo de aprendizagem das crianças é de suma importância, pois, é brincando que a criança absorve melhor os conteúdos. Em outras palavras, através do brincar, a criança tem em suas mãos a possibilidade de interagir com o outro e com ela mesma. Por tanto, há dificuldades da utilização dos jogos didáticos na aplicação dos conteúdos programas.A pesquisa teve como objetivo geral; conhecer a contribuição dos jogos pedagógicos no desenvolvimento da aprendizagem de crianças na faixa etária de 3 a 5 anos na educação infantil. Os objetivos específicos: compreender o uso dos jogos na educação infantil, descrever se os professores acreditam que os jogos didáticos realmente auxiliam no processo de ensino e aprendizagem, e quais transformações positivas eles obtiveram e analisar com que frequência os professores utilizam os jogos pedagógicos em suas aulas. Sendo assim, cabe ao professor inserir em seu processo metodológico os jogos, pois os mesmos não são apenas uma forma de entreter as crianças, mas sim instrumentos que contribuem e enriquecem o desenvolvimento intelectual.A pesquisa foi realizada em uma escola da rede privada da cidade de Parnaíba-PI, que tem como público alvo crianças desde a Educação Infantil até o quinto ano, última etapa do Ensino Fundamental. Porém, este estudo fora voltado para a modalidade de Educação Infantil, mais especificamente a utilização dos jogos na prática docente com fins educativos.Utilizou uma pesquisa exploratória, qualitativa, tendo como instrumentos questionário aberto com oito perguntas, sendo analisadas todas e apenas quatros foram expostas, esta escolha de exclusão, fez-se necessário pelo simples motivo de perceber que nas demais alternativas, suas respostas estavam parecidas. Além, realizou observações não participantes.Percebeu na pesquisa, a importância da Educação Infantil para a formação dos sujeitos e a relevância de se contar com profissionais comprometidos com sua prática. Os jogos servem como excelentes capacitadores, para a construção de conceitos, consolidação de regras que influenciaram na formação moral e ética dos educandos, facilita a aprendizagem, já que as crianças aprenderão sem a pressão da cobrança cansativa de conteúdo, promove maior dinamismo à aquisição da leitura e da escrita, melhora a concentração, a percepção e a noção de respeito para com o outro. Dentre outras vantagens, o jogo manuseado de forma intencional possui atributos que faz alcançar os objetivos e metas traçados, de forma mais rápida e eficaz. Os objetivos foram alcançados.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.