Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 296
FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESCOLAS DO CAMPO: REFLEXÕES E ATUAÇÕES

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO DO CAMPO, FORMAçãO DE PROFESSORES, FORMAçãO CONTINUADA Pôster (PO) GT 01 - Formação de Professores Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

A formação docente é de fundamental importância para o desenvolvimento humano e social de um país. Principalmente, a formação de professores que atendam a Escolas do Campo. Uma boa formação de professores se concretiza a partir do instante em que permite aos professores refletir sobre suas práticas instigando-os a compartilhar troca de saberes que diminuam dificuldades encontradas no âmbito escolar. A boa formação apresenta ao profissional todo o mecanismo envolvido em sua vida profissional, possibilitando, reivindicar condições de trabalho e salários dignos. Sem isso há desestímulo dos professores e professoras que deixam de atuar na área e consequentemente de se dedicar aos cursos de formação oferecidos. Portanto, refletir sobre os fatores que afetam a formação de professores de escolas do campo torna-se uma necessidade social e um compromisso com o desenvolvimento humano e com a qualidade de vida dessas populações. O presente trabalho objetivou evidenciar alguns elementos presentes na formação de professores e professoras atuantes em escolas do campo e que, no momento da pesquisa, se encontravam em formação continuava. O trabalho ocorreu durante o Curso de especialização intitulado Educação do Campo e Desenvolvimento Sustentável oferecido pela Rede Nacional de Formação Continuada dos Profissionais do Magistério da Educação básica pública (RENAFORM), realizado pela Universidade Federal Rural de Pernambuco no ano de 2015/2016. A pesquisa de natureza exploratória e qualitativa foi constituída de um questionário de sondagem composto por seis questões, o qual foi aplicado a 14 educadores atuantes em Escolas do Campo. O objetivo foi identificar elementos positivos e negativos que influenciam à formação dos professores e as principais práticas pedagógicas desenvolvidas. As questões foram:1) Qual a forma de ingresso na condição de professora em uma escola do campo? 2) Descreva sobre sua formação enquanto professor. 3) Enquanto professor em formação, como você descreveria sobre suas práticas pedagógicas? 4) Quais ferramentas metodológicas e técnicas utilizadas por você em sala de aula? 5) Quais as principais dificuldades que você encontrou ou encontra para desenvolver suas práticas? 6) Como você avaliaria sua atuação enquanto educador antes e durante o processo de formação?. Os resultados obtidos indicaram ser o concurso público a forma mais utilizada ao ingresso de educadores nas Escolas do Campo, seguido de seleção simplificada e a indicação política. A formação dos profissionais abrange as licenciaturas diversas. Sobre as práticas pedagógicas, os professores utilizam como base a realidade contextualizada. As ferramentas pedagógicas utilizadas se restringem ao material disponível (livro didático, mapas, a comunidade, a igreja, vídeos, musicas, literaturas de cordel etc.). As dificuldades são de cunho adaptativo do professor, que se choca com a realidade rural. Estas permitem ao educador reconceituar suas práticas e resignificá-las. A falta de material e autonomia foi apontada como dificuldade ao desenvolvimento de práticas. Conclui-se que a formação de professores bem orientada, possibilita práticas que valorizem a cultura e vivências dos povos do campo. Contribuindo à emancipação e desenvolvimento de sujeitos críticos e participativos. A formação é assunto complexo interdisciplinar realizada a muitas mãos e requer complemento substancial. Este é apenas a falange distal.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.